Hormônios em frangos

Será que o frango que compramos no supermercado tem hormônio para crescimento?
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Hormônios em frangos
Evolução da genética e nutrição animal, permitem que o frango cresça, e de forma rápida- Foto: Divulgação

Tem sim…Claro… Como eu e você que está lendo esse texto. Todos os seres vivos possuem hormônios endócgenos com diversas funções nos organismos, inclusive para promover o crescimento. O que o frango não tem é o hormônio exógeno, aquele aplicado no frango para crescer mais que o normal, e não tem por vários motivos…

  • O hormônio é injetável. Como vamos aplicar injeção de hormônio em um galpão com 25.000 aves e se temos inúmeros galpões Brasil afora… O custo da mão de obra não é remunerado pela atividade. O Brasil aloja cerca de 60 milhões de aves todos os meses, não há como fazer essa aplicação via injetável.
  • O custo. Tratamento hormonal é muito caro e não remunera com o lucro do frango, por motivos econômicos inclusive, não é usado.
  • O tempo. Qualquer tratamento hormonal é a longo prazo, meses para se ter algum efeito e o frango é abatido com 42 a 45 dias, não há tempo hábil para se ter algum efeito com hormônios.

Então, como os frangos crescem tanto… e tão rápido?

Resposta simples: Melhoramento genético e rapidez no crescimento das aves, explico: quando se tem um grupo de aves, seleciona-se os que mais ganharam peso e cruzam essas aves entre si, descartando os que demoram para ganhar peso, como a incubação do ovo dura 21 dias e o crescimento da ave mais uns 90 dias para começar a botar ovos, então é bem rápido se fazer a seleção, ao contrário de suínos ou bovinos que essa seleção fica mais lenta.

Além do melhoramento genético temos a evolução na nutrição animal, hoje sabemos mais de nutrição de aves do que de humanos, inúmeras universidades ao redor do mundo se especializaram na nutrição de aves e isso fez com que evoluísse muito.

Portanto, meus caros leitores, podem comer frango a vontade, não tem hormônio, não faz crescer o peito antes do tempo, e não fará nada de mal, tenha certeza. Aliás, é uma proteína barata, a mais barata entre as carnes, mesmo em tempo de inflação e preços dos alimentos em alta.

Sirvam-se e comam à vontade… Bom apetite!

Por Rogerio Luiz Iuspa, Diretor Comercial e Marketing Polinutri Nutrição e Saúde Animal

Leia mais notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Afinal, trata-se de um alimento rico em proteína, cálcio e nutrientes, proporcionando, assim, o seu consumo diversos benefícios para a saúde humana
O ovo é nutritivo, fonte de proteína, tem fácil digestão, é saboroso, prático, barato e apreciado pela maioria das pessoas. Na coluna, você confere mais sobre os benefícios do ovo para a saúde humana
Rogério Luiz Iuspa explica as principais diferenças entre líder e chefe dentro das corporações, enfatizando, sobretudo, a importância de quem ocupa papéis de liderança se adaptarem às novas exigências do mercado.
O colunista do portal MAB, Rogério Luiz Iuspa fala sobre o hábito alimentar e o comportamento humano, frisando que o homem sempre consumiu carne animal desde o principio e questiona: “É natural uma alimentação feita apenas com vegetais?”.