Epagri capacita agricultores no cultivo sustentável de hortaliças

O tomate é uma das hortaliças mais difíceis de produzir no sistema orgânico, por isso foi o tema de uma capacitação sobre cultivo sustentável de hortaliças realizada pela Epagri em Curitibanos.
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Epagri capacita agricultores no cultivo sustentável de hortaliças
Agricultores e técnicos conheceram o Tomatorg – Sistema Orgânico de Produção de Tomates em Santa Catarina – Foto: Divulgação/Epagri
Áudio

No dia 18 de agosto, 46 agricultores e técnicos do município assistiram a uma palestra com o pesquisador Rafael Morales, da Estação Experimental da Epagri de Itajaí, sobre o Tomatorg – Sistema Orgânico de Produção de Tomates em Santa Catarina. “O tomate ficou como representante das hortaliças neste trabalho, mas as tecnologias descritas servem para a produção de outras espécies”, explica a extensionista Juliana Golin Krammes, da Epagri de Curitibanos.

Os participantes aprenderam a fazer o cultivo protegido de hortaliças e conheceram todas as etapas do processo, incluindo a escolha correta do local, a construção do abrigo, o manejo da irrigação e da adubação e o plantio direto. “A produção de hortaliças em abrigos é uma importante ferramenta para a produção orgânica, mas também uma alternativa para a produção convencional, com retorno financeiro que cobre os custos do investimento no primeiro ano de cultivo, desde que sejam seguidas as recomendações técnicas”, reforça Juliana. A capacitação foi realizada com apoio da Amurc, da Cresol, da Coper Planalto Sul e da prefeitura.

O Tomatorg é um sistema orgânico de produção de tomate desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI). O sistema discrimina todas as práticas culturais necessárias para produzir tomates orgânicos, entre elas a produção em abrigos, a adubação com base em composto orgânico, a enxertia, o uso de biofertilizantes e de agentes de controle biológico.

Essas tecnologias possibilitam que alguns produtores obtenham rendimentos superiores a 80t/ha – o dobro do observado comumente nos cultivos orgânicos do Estado. O sistema desenvolvido pela equipe de Itajaí é resultado de 16 anos de trabalho de experimentação agrícola, pesquisas participativas com produtores tradicionais de tomate orgânico e da experiência de técnicos envolvidos com a cadeia produtiva.

Mais lucro na produção orgânica

Um estudo da Epagri comprovou que, na comparação com o sistema convencional, a adoção do Tomatorg reduz custos e aumenta o lucro líquido do produtor. O experimento demonstrou que o custo de produção por planta pode cair de R$ 4,58 no sistema convencional para R$ 3,38 no Tomatorg. Como consequência, o lucro líquido do produtor que aderir ao sistema orgânico criado pela Epagri aumenta em 2,7 vezes.

A Epagri disponibiliza para livre download uma publicação com orientações para quem deseja implantar o Tomatorg. Clique aqui para baixar o boletim técnico Tomatorg: Sistema Orgânico de Produção de Tomate em Santa Catarina.

Fonte: Epagri
Foto: Divulgação/Epagri

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Intitulado de SONDA, a nova solução da empresa combate as principais plantas daninhas que afetam a produtividade na lavoura
Surpreendentemente, carnes fecham o mês de setembro com novo recorde na receita cambial proveniente de exportações de carne bovina.
O presidente institucional da Abramilho, Cesario Ramalho, avaliou, em entrevista para o “Valor”, o cenário para safra verão 2021/22.
Entre eles, o etanol como uma das pontes para a nova era da mobilidade sustentável.