Search
Close this search box.

DATAGRO e XP trazem o campo a São Paulo e mostram toda a força do agro

23 de abril de 2024

Global Agribusiness Fórum e Global Agribusiness Festival, em junho, reúnem palestrantes internacionais, tecnologia, gastronomia e música no Allianz Parque
Compartilhe no WhatsApp
DATAGRO e XP trazem o campo a São Paulo e mostram toda a força do agro
União de forças: Guilherme Nastari (Datagro), Pedro Feitas (XP), Luiz Felipe Nastari (Datagro) e Lisandro Lopez (XP) — Foto: Divulgação

São Paulo vai se transformar na capital mundial do agro nos dias 27 e 28 de junho deste ano, quando ocorrem o Global Agribusiness Fórum (GAF) e o Global Agribusiness Festival (GAFFFF), no Allianz Parque. Organizado pela consultoria DATAGRO, e apresentado pela XP, o megaevento será uma versão ampliada do tradicional GAF, que é realizado a cada dois anos desde 2012. 

“O GAF é reservado a convidados e tem a missão de antecipar tendências, de forma a trazer para o Brasil as principais cabeças do mundo na agropecuária e nas questões de clima. A parceria com a XP, com a criação do Festival, vai permitir ampliar este olhar sobre o agro e aproximar, de fato, as pessoas que vivem nas cidades da vida no campo”, explica Plinio Nastari, presidente da DATAGRO. 

“A XP é um dos maiores players do mercado financeiro no agronegócio e realizar a parceria com a DATAGRO para apresentar o GAFFFF significa elevar a nossa atuação no setor a outro patamar. Em sua primeira edição em formato de festival, queremos ampliar o público do evento, mostrando que o agro permeia todas as esferas da nossa vida”, afirma Pedro Freitas, head de agronegócio do banco de investimentos da XP. 

Diversificada, a programação do GAFFFF abrange conteúdo, novidades tecnológicas para os agricultores, gastronomia e cultura, com shows de grandes nomes da música, como Jorge e Mateus, que vão fechar a programação em cada um dos dois dias de evento. São esperadas 30 mil pessoas por dia. 

“Com uma riquíssima biodiversidade, a matriz energética mais limpa do mundo e um agronegócio de alta tecnologia, o Brasil é uma potência agroambiental. Em poucos anos, passamos de importador a maior exportador global de alimentos, com sustentabilidade. Temos muita coisa bonita para mostrar e é esse o propósito do GAFFFF – conectar o campo com a cidade e levar a mensagem de que é possível produzir e preservar ao mesmo tempo”, diz Luiz Felipe Nastari, diretor da Datagro. 

Mudanças climáticas, segurança alimentar, desperdício de alimentos, sustentabilidade, novas tecnologias, acesso a mercados, financiamento, ESG (do inglês Environmental, Social and Governance) e o futuro do agro brasileiro e mundial são alguns dos temas que serão abordados no fórum e feira setorial. 

Entre os palestrantes, já estão confirmadas as presenças de Janusz Wojciechowski, Comissário da Agricultura da Comissão Europeia, em Bruxelas, André Aranha Corrêa do Lago, Embaixador e Secretário do Clima, Energia e Meio Ambiente do Ministério das Relações Exteriores, Graça Machel, ex-primeira Dama da África do Sul, Dra. Montserrat Arroyo-Kuribreña, Diretora para normais internacionais e ciência da Organização Mundial de Saúde Animal (WOAH), Silvia Massruhá, Presidente da Embrapa, Ricardo Santin, presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e Sergio Bortolozzo, presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB). 

No espaço das techs e academia, por exemplo, 100 agtechs e 10 universidades vão apresentar inovações para a produção de alimentos. Haverá ainda equipamentos e implementos agrícolas, insumos, serviços e iniciativas voltadas para o ESG. 

Gastronomia 

O cardápio do GAFFFF traz também a gastronomia, do campo à mesa, com renomados chefs nacionais e estrangeiros. Haverá, ainda, um festival de churrasco. 

Temas como o combate à fome e ao desperdício de alimentos serão mensagens-chave deste pilar do evento. 

“Queremos recuperar este contato entre o campo e a cidade, furar a bolha do agro e mostrar para a sociedade urbana a verdadeira cara do agronegócio brasileiro, assim como destacar a importância da integração da agricultura familiar e empresarial”, afirma Guilherme Nastari,
diretor da DATAGRO. 

Realizadores 

O GAFFFF, assim como o Global Agribusiness Forum organizado desde 2012, é realizado em conjunto por: DATAGRO, Sociedade Rural Brasileira (SRB), Associação Brasileira de Produtores de Milho (Abramilho), Aliança Internacional do Milho (Maizall), Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), a Bioenergia Brasil, e União Nacional do Etanol de Milho (Unem). 

Sobre a DATAGRO 

Com 40 anos de mercado, a DATAGRO é uma consultoria com atuação global e referência no setor. Os dados e análises produzidos sobre agropecuária e clima, orientam a tomada de decisão de clientes em mais de 40 países. São mais de 130 relatórios mensais sobre mais de dez culturas e mercados. Ao todo, a DATAGRO reúne oito unidades de negócios: Consultoria Estratégica, Alta Performance, Análise de Mercado, Financial, Governos, Gestão, Markets e Experience – área responsável pelos eventos, incluindo o Global Agribusiness Fórum (GAF) e o Global Agribusiness Festival (GAFFFF), realizado com grande apoio da XP na cota Apresenta do evento.

Por Datagro

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Mestre de torra da Mokado Lab de Cafés, da capital federal, supera 23 concorrentes e representará o Brasil no mundial da categoria, em Copenhagen, na Dinamarca
São Paulo enfrenta desafios ainda maiores devido aos altos custos para o setor produtivo do leite e por ser o maior mercado consumidor do país.
Rio grande do Sul havia colhido grande parte de sua produção de arroz antes das inundações
Para participar é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único e viva no meio rural, com renda mensal de até R$ 218 por integrante