O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

Cavalos obesos enfrentam múltiplos riscos de saúde

É necessário um planejamento com observação, dieta e exercícios monitorados
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Cavalos vêm em uma variedade de tamanhos e raças, mas independentemente de sua aparência, se eles carregam mais peso do que deveriam, estão correndo uma série de riscos de saúde. Geralmente, um cavalo com nota de condição corporal 6 ou 7 é considerado acima do peso ideal, enquanto que aqueles com notas de 8 ou 9 são considerados obesos.

Na escala de condição corporal, um valor numérico de 1 representa um animal extremamente magro, e a nota nove é dada aos animais excessivamente obesos. Esta nota é dada com base em uma avaliação visual e de toque das condições físicas do cavalo. A nota é determinada por fatores como a visibilidade das costelas, se é possível senti-las ao toque com facilidade ou com dificuldade, se a coluna é protuberante ou nivelada com a musculatura ou está escondida em uma calha entre camadas de gordura em ambos os lados. Uma nota de 5 geralmente denota um cavalo com peso corporal ideal.

Algumas categorias de equinos, como éguas em final de gestação e garanhões em início de temporada de monta, podem e devem estar acima do ideal de 5, com uma nota ideal girando em torno de 6.

Cavalos obesos

A obesidade equina pode se tornar uma preocupação significativa devido à sua associação com doenças crônicas. Cavalos obesos comumente são acometidos de laminite e problemas relacionados à interação entre a insulina e a glicose. Enquanto a obesidade em si pode não causar diretamente estes problemas, ela certamente tem relação com os processos metabólicos que mantêm os tecidos e sistemas saudáveis. Além disso, não há dúvida de que o excesso de peso gera excesso de calor, excesso de carga sobre articulações e tecidos conectivos, e desempenho atlético prejudicado.

A maioria dos cavalos atinge a obesidade por uma combinação de excesso de alimento (especialmente grãos) e falta de exercício, livre ou imposto.

Monitorar o peso e a condição corporal dos cavalos regularmente, diminuir a ingestão calórica e aumentar o exercício são boas maneiras de evitar que eles ganhem peso excessivamente. Lembre-se, não é necessário saber precisamente o peso do seu cavalo para monitorá-lo com o objetivo de evitar a obesidade. Saber se ele está ganhando ou mantendo e definir uma nota de condição corporal (de 1 a 9) periodicamente a ele é o suficiente para saber se a evolução do peso dele está fugindo do normal.

Dieta & Exercícios

A forma mais fácil de cortar calorias na dieta de um cavalo obeso é reduzindo a quantidade de grãos que ele ingere, ou seja, sua ração concentrada. Trocar o feno de alfafa por feno de gramíneas (coast-cross, tifton ou similar) também reduz a contagem calórica. Se o pasto é abundante e rico, também é aconselhável limitar as horas de acesso.

A principal ressalva com relação às reduções é que, ao reduzir a quantidade de ração, retira-se o alimento mais equilibrado da dieta do cavalo. As rações são formuladas para complementar muito do que o pasto ou os fenos não fornecem em termos de minerais, vitaminas e aminoácidos. Nos casos sérios, em que o excesso de peso é grave, pode ser necessário retirar quase toda a ração que o cavalo come, e então ele deixa de receber estes importantes micronutrientes nas quantidades necessárias. Sendo assim, é importante trocar a ração do animal por um concentrado ou super-concentrado. Este tipo de alimento, em geral formulado para complementar aveia ou outras misturas de grãos não-enriquecidas, pode ser usado isoladamente para fornecer minerais, vitaminas e aminoácidos a animais cuja necessidade calórica é drasticamente reduzida. Utilizando concentrados ou super-concentrados, pode-se fornecer todos os micronutrientes a estes animais com uma quantidade muito inferior que uma ração, que pode variar de 150 gramas, no caso dos super-concentrados, a 1,5 quilos, no caso dos concentrados.

A mudança de peso pode levar semanas para aparecer, por isso é importante continuar monitorando peso e condição corporal regularmente.

O aumento de exercício deve ser muito gradual e começar com intensidade, frequência e duração bem baixos e compatíveis com a tolerância do animal.

Sempre peça ajuda a seu veterinário para elaborar um plano de exercício para um cavalo com excesso de peso.