Argentina está próxima de obter acordo pela carne

Caso se confirme negociações do governo com empresas, o país deverá reativar as vendas e reabrir as exportações da carne bovina
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Argentina está próxima de obter acordo pela carne
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

A Argentina e empresas exportadores de carne bovina estão perto de fechar um acordo que permitirá a reabertura de exportações do alimento, segundo funcionários do governo, que em meados de maio freou os embarques internacionais do produto devido a uma forte alta nos seus preços domésticos. 

O país é o quinto exportador mundial de carne bovina e seus cortes são uma marca registrada, que construiu uma forte demanda internacional.

 Porém, em 20 de maio, o governo do peronista Alberto Fernández fechou por 30 dias as exportações de alimentos, em busca de frear a alta imensurável de preços domésticos do produto. Desde então, autoridades e empresários do setor estão negociando para reativar as vendas. 

“As posições estão se aproximando, é muito possível que um acordo seja alcançado”, diz uma fonte da Presidência argentina, acrescentando que um acordo implicaria uma reabertura das exportações. 

Na noite de segunda-feira (14/06), o ministro Matías Kulfas, de Desenvolvimento de Produção, em uma entrevista com o canal de notícias local C5N, também afirmou que o governo argentino estava “próximo de alcançar um acordo pela carne”. 

Representantes dos frigoríficos exportadores de carne bovina na Argentina ainda não se pronunciaram.  

Fonte: Reuters 
Crédito da foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal MAB

Relacionadas

Leia também