Frango: Aumento da liquidez e elevação das cotações

Reação da demanda resultou em altas de preços generalizadas, ressaltando que a proteína de frango segue a preços mais em conta que as concorrentes bovina e suína
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Frango Aumento da liquidez e elevação das cotações
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

As vendas de carne de frango estão mais aquecidas neste início de junho, impulsionadas pelo incremento na procura doméstica, devido principalmente ao recebimento dos salários. Segundo colaboradores do Cepea, como o setor vinha trabalhando com estoques reduzidos, essa reação da demanda resultou em altas de preços generalizadas, especialmente para a carne.  

Vale ressaltar que a proteína de frango, mesmo com as recentes valorizações, segue comercializada a preços mais em conta que as concorrentes bovina e suína. Além disso, os elevados custos de produção com insumos nutricionais (milho e farelo de soja) e agora também os gastos com energia elétrica pressionam a margem do setor, que tenta reajustar positivamente os valores, principalmente quando a demanda sinaliza melhora.  

No front externo, os embarques de carne de frango também apresentam bom desempenho. Segundo dados preliminares da Secex, nos três primeiros dias úteis de junho, a média diária de embarques da carne in natura esteve em 27,7mil toneladas, significativos 51,9% acima da média observada em maio, quando, vale lembrar, as exportações registraram volume elevado.  

Fonte: Cepea
Crédito da foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal MAB

Relacionadas

Leia também