Fechamento do verão sem chuvas no Centro-Sul do Brasil aumenta custo de produção do leite

Além dos preços dos insumos em valores elevados, os pecuaristas ainda enfrentam outro desafio. A seca!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Fechamento do verão sem chuvas no Centro-Sul do Brasil aumenta custo de produção do leite
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

As chuvas que deveriam chegar no final de março, ‘fechando o verão’, não apareceram para boa parte dos produtores no Centro-Sul do Brasil. Segundo os dados do Valor Econômico são esperados volumes de chuvas 67% abaixo da média histórica nesse verão por conta do fenômeno conhecido como La Niña.  

Dessa maneira, a falta de qualidade e disponibilidade de pastagens somada à alta nos custos de mineral e concentrado, de 1,26% em relação ao mês passado MoM e 0,35% MoM (CEPEA, 2021), respectivamente, aumentaram o custo de produção do leite.   

 “Por outro lado, durante o mesmo período foram observados aumento no preço do leite”, de acordo com análise de Gabriel Zylberlicht, Business Intelligence da Nutricorp.  

grafico leite
Indicador Leite Spot CEPEA/ESALQ em São Paulo, Minas Gerais e média Brasil

Os dados do indicador apresentaram alta no estado de São Paulo em 5,3%MoM e 17,2%MoM em Minas Gerais. “A média nacional encerrou o mês de maio com alta de 11,8%MoM. Essa melhora na remuneração dos pecuaristas ocorreu por conta do ajuste entre a queda de produção sazonal do período com a redução do consumo de leite e derivados no mercado interno devido ao somatório de fatores, principalmente a redução no poder de compra do consumidor”, comenta Gabriel.  

Valorização nos preços dos derivados na produção do leite

Passando para a ponta das indústrias, o fechamento de abril apontou valorização nos preços em boa parte dos derivados em diversas praças e na média nacional. O principal aumento foi observado no leite em pó (sachê 400g) em 3,6%MoM na média nacional (CEPEA, 2021).  

Um dos fatores que contribuiu na valorização dos alimentos foi a redução no volume de derivados importados em 7,3 mil ton, uma redução de 50% em relação ao mês de março (CEPEA, 2021).   

Sobre a Nutricorp 

A Nutricorp, empresa referência em qualidade e inovação no agronegócio, é especialista em soluções criativas em nutrição e bem-estar de bovinos de corte e leite, tendo qualidade e segurança incorporadas no seu DNA, sempre visando a satisfação de seus clientes e o cuidado com o meio ambiente.  

Fonte: Nutricorp 
Crédito da foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Leia também