Viveiros para Piscicultura são construídos em Aceguá

Foi iniciada durante o mês de dezembro de 2021, a construção de 13 viveiros para Piscicultura em sete propriedades rurais de Aceguá (RS).
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Viveiros para Piscicultura são construídos em Aceguá
Iniciada a construção de 13 viveiros para Piscicultura em sete propriedades rurais de Aceguá (RS).
Áudio

Os projetos elaborados no ano de 2019 pelo extensionista rural Ricardo Medeiros, através do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar, foram enviados para o Setor de Piscicultura da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

Assinado na gestão municipal anterior, o contrato com a Seapdr teve andamento no ano de 2021, com o encaminhamento de três retroescavadeiras hidráulicas para o começo das obras no município, que serão finalizadas ainda na primeira semana de janeiro (2022).

A construção dos viveiros dará início às atividades de piscicultura nas propriedades rurais beneficiadas, que já recebem a orientação técnica dos extensionistas do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar.

6b9661e4a84f6c5fd4df6674a13ab728 XL

O trabalho foi desenvolvido com a colaboração da Seapdr, que contribuiu com as máquinas e mão de obra, e a Emater/RS-Ascar, na elaboração e supervisão da execução dos projetos, em conjunto com o técnico em Agricultura, Ronaldo Stücker, da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Aceguá.

Para a extensionista rural Roberta Medina, a piscicultura contribuirá como outra atividade econômica aos produtores. “Trará mais renda aos estabelecimentos rurais e uma diversificação na alimentação das famílias, obtendo maior segurança e soberania alimentar”, analisa a extensionista.

Fonte: Emater/RS-Ascar

Crédito: Divulgação Emater/RS-Ascar

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Remar Cidadão precisa da participação dos cidadãos para avaliação e aprimoramento das previsões de andadas e das normativas de defeso dos caranguejos nos anos futuros
Para especialistas, desempenho exportador das carnes neste início de 2022 é bastante satisfatório, mas o preço da carne suína registra queda anual próxima de 10%
Também nos bovinos, os nutrientes desempenham funções essenciais no organismo; então, atenção para quando ele faltarem na forragem oferecida, Carência muito comum no País
Os dados constam do banco da Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC), entidade mais antiga de registro de animais de raça do país