Soja 2021/22 alcançou 19,2% da produção estimada

Comercialização antecipada da soja envolve 26,29 milhões de toneladas, segundo estimativa da consultoria Safras & Mercado
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Soja 202122 alcançou 19,2% da produção estimada
Áudio

A comercialização de soja da nova temporada (2021/22), que será plantada a partir de setembro, alcançou 19,2% da produção estimada, disse em nota a consultoria Safras & Mercado na sexta-feira (04/06).

As vendas estão atrasadas na comparação com os 35,6% vistos no mesmo período do ano passado, mas acima da média de cinco anos, de 14%, de acordo com os dados.

“Levando-se em conta uma safra hipotética mínima para a temporada, igual a do ano anterior, Safras estima uma comercialização antecipada de 19,2%, envolvendo 26,29 milhões de toneladas”, afirmou a consultoria em nota, ressaltando que a primeira expectativa de produção para o novo ciclo será divulgada em julho.

Safra atual da soja

Colheita está praticamente encerrada, a comercialização atingiu 75,6% e mostrou lentidão ante os 71,4% registrados no levantamento de maio.

“No período, a comercialização evoluiu pouco e, com isso, o total negociado da safra 20/21 ficou abaixo do percentual de igual período do ano passado (88,7%). Mas segue acima da média para o período (71,5%), devido à elevação consistente dos preços.”

Considerando uma safra estimada em 137,19 milhões de toneladas, o total de soja 2020/21 já negociado é de 103,74 milhões de toneladas, acrescentou a consultoria.

Fonte: Safras & Mercado/ Reuters

Crédito da foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal MAB

Relacionadas

Veja também

O Programa Tomorrow’s Legends (Lendas do Amanhã) fomentará as provas brasileiras de Três Tambores e dará a largada durante a V Copa NBHA Brazil, em Avaré (SP).
Linhas de financiamento para investimento foram as mais procuradas no período com alta de 50%, em comparação com o plano safra anterior.
Intitulado de SONDA, a nova solução da empresa combate as principais plantas daninhas que afetam a produtividade na lavoura
Surpreendentemente, carnes fecham o mês de setembro com novo recorde na receita cambial proveniente de exportações de carne bovina.