Situação das lavouras e embarques de grãos nos EUA

Com informações do boletim semanal do USDA sobre a soja e o milho
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Situação das lavouras e embarques de grãos nos EUA
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) em seu novo boletim semanal mostra a situação das lavouras e, assim, aponta para embarque de grãos e números dentro do esperado para milho e trigo, mas abaixo das expectativas no caso da soja.  

As informações da semana encerrada em 10 de junho mostram embarques semanais de soja de 128,092 mil toneladas, contra projeções de 150 mil a 300 mil toneladas. Em todo ano comercial, os EUA já embarcaram 56,806,815 milhões de toneladas, 57% a mais do que no mesmo período do ano passado.  

De milho, foram embarcadas 1,544,031 milhão de toneladas, enquanto as expectativas variavam entre 1,5 milhão e 2,1 milhões de toneladas. Com esse volume, o total já embarcado na temporada chega a 53,968,067 milhões de toneladas, volume que supera o ano anterior em 75%.  

Já os embarques semanais de trigo foram de 480,341 mil toneladas, dentro do intervalo esperado pelo mercado de 275 mil a 500 mil toneladas. O acumulado no ano comercial 2021/22 (para o grão a temporada começa em 1º de junho) chega a 673,329 mil toneladas. O total é 16% menor do que no mesmo período do ano passado.  

USDA indica piora nas condições das lavouras de soja e milho 

Em seu novo boletim semanal de acompanhamento de safras, o USDA informou (14/06) e atualizou o plantio da soja para 94% da área norte-americana. O número ficou ligeiramente abaixo do esperado pelo mercado de 95%, mas acima do ano passado (92% )e da média dos últimos cinco anos, de 88%.  

De acordo com o informe, 96% das lavouras de milho já germinaram, contra 90% da semana anterior, 94% do ano passado e 91% de média dos últimos cinco anos. No caso da soja, o índice de lavouras que já emergiram é de 86%, enquanto na semana passada eram 76%. Há um ano, o índice era de 79% e a média é de 74%.  

Por mais uma semana, o USDA revisou para baixo o índice de lavouras de milho e soja em boas ou excelentes condições.  

No caso do milho, o índice caiu de 72% para 68% na semana, contra 69% de expectativa do mercado. Em 2020, neste período, eram 71%. Em situação regular são 27% das lavouras, contra 23% da semana anterior, e 5% em condições ruins ou muito ruins, mesmo número do boletim passado. 

O Estado de Iowa foi o que registrou o maior recuo no índice de bom/excelente, o qual caiu de 77% para 63%. Iowa é o maior estado produtor de milho dos EUA, e a baixa é seguida por Minnesota – com 11% – Illinois – com 6% e Wisconsin – com baixa de 5%. 

Sobre a soja, o USDA mostra que o percentual de lavouras em boas ou excelentes condições passou de 67% para 62%, contra 65% das expectativas do mercado. No ano passado, o total era de 72%. O boletim traz ainda 30% dos campos da oleaginosa em condições regulares, contra 27% da semana anterior e 8% em condições ruins ou muito ruins, contra 6% da semana passada.  

Assim como no milho, Iowa também lidera a baixa no índice de lavouras de soja em boas ou excelentes condições com uma baixa de 12 pontos percentuais, bem como o Mississippi. Arkansas perdeu 11 pontos percentuais e Illinois, 10. 

Fonte: USDA 
Crédito da foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal MAB

Relacionadas

Leia também