O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

Ovos: Notícias dos granjeiros

Nem a Quaresma foi suficiente para dar impulso no consumo do produto
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

O mercado de ovos vermelhos demonstra o mesmo ambiente de fragilidade que vem marcando a comercialização de ovos brancos no decorrer de março. Isso significa a presença de excedentes nos dois segmentos.

Bem diferente do mercado apresentado em março do ano passado, quando houve forte incremento no consumo do produto que resultou em disponibilidades insuficientes para atender a demanda e possibilitando aos produtores de ovos brancos e vermelhos alcançarem preços recordes. Entretanto, o seguimento de ovos vermelhos conseguiu evolução ainda mais significativa visto que o adicional recebido em relação aos ovos brancos alcançou até R$ 21,50, enquanto o adicional médio alcançado de abril a dezembro ficou levemente acima de R$ 11,00.

Em março deste ano o mercado não responde como o esperado e nem mesmo o período religioso da Quaresma foi suficiente para dar impulso no consumo do produto. Com isso, o mercado de ovos vermelhos sente os efeitos dessa retração e o adicional máximo alcançou apenas R$9,00 na maior parte do mês, cerca de 58% abaixo do máximo recebido em março do ano passado.

Atualmente o adicional se encontra em R$ 8,00 e apresenta tendência de, no máximo, se manter neste patamar, visto que estamos nos últimos dias da Quaresma e de março e o desafio é promover o produto junto ao consumidor para dar vazão aos excedentes.

Fonte: OvoSite