Novos dados de comercialização da soja

Imea divulgou vendas da safra de soja 2021/22 de Mato Grosso com registros de 34,58% do volume da produção negociada
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Novos dados de comercialização da soja
Foto – Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

A comercialização da safra de soja 2021/22 de Mato Grosso, que será plantada a partir de setembro, chegou a 34,58% da produção esperada, atrás do registrado no mesmo período do ano anterior em meio a um recuo nos preços em dólar, embora haja avanço nas vendas ante a média histórica. Os dados são do boletim de relatórios de análises, 12/07, do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

De acordo com os novos dados de comercialização de soja das safras 20/21 e 21/22, referentes ao mês de junho para a safra 20/21, houve um aumento de 1,66 p.p., atingindo 89,95% da produção comercializada. No entanto, comparando à safra anterior houve um atraso de 5,83 p.p., que nessa mesma época registrava 95,78% comercializados. Além disso, o preço médio ficou em R$ 153,75, uma redução de 4,88 p.p. em relação ao mês anterior.

Safra soja 21/22

Já para a safra 21/22 foram registrados 34,58% do volume da produção negociada, um atraso de 12,41 p.p. em relação a junho do ano passado, e uma diminuição de 6,31 p.p. no preço médio quando comparado com maio, ficando assim estimado em R$ 137,24/sc.

Essa desaceleração nas negociações presentes e futuras é justificada pela instabilidade na bolsa de Chicago com o recuo nos preços do grão e do dólar corrente, que registrou uma queda de 4,98% no mês de junho, atingindo assim a mínima de R$ 4,91, patamar que não era registrado desde junho de 2020.

Fonte: Imea
Foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Leia também