Nas raças europeias, registros crescem 13%

Os dados constam do banco da Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC), entidade mais antiga de registro de animais de raça do país
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Nas raças europeias, registros crescem 13%
O presidente da ANC, Joaquin Villegas – Foto: Divulgação ANC/Carolina Jardine

Alinhados com a expansão e a valorização da pecuária na economia brasileira, os registros de animais de raça aumentaram 13% em 2021. O crescimento resulta do cadastro de 72.667 exemplares ao longo do ano passado frente aos 64.271 animais de 2020, ano que também apresentou alta.

Os dados constam do banco da Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC), entidade mais antiga de registro de animais de raça do país. Os números referem-se ao cadastro de 33 raças bovinas e três equinas em 16 estados brasileiros.

O presidente da ANC, Joaquin Villegas, indica que a tendência é ampliar o número de raças participantes da base de dados da ANC.

“Os números mostram que, apesar da instabilidade econômica decorrente da pandemia, a pecuária de corte brasileira segue pujante e em busca de aprimoramento e melhoramento genético capaz de produzir cada vez mais, melhor e com menos impacto ambiental”, salienta Villegas.

Assim como os registros genealógicos, o quadro associativo seguiu trajetória positiva em 2021. A entidade ganhou 89 novos associados, aumento de 14%, totalizando 852 criadores. O último ano também foi marcado por conquistas no Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo).

Segundo a superintendente de Registro da ANC, Silvia Freitas, a expansão decorre da integração entre os registros e o programa de melhoramento em um único sistema. “O Origen facilitou o uso dos dados do Promebo e estimulou os pecuaristas a cadastrarem seus animais, empregando os dados no melhoramento genéticos de seus rebanhos”, destaca.

Em 2021, 25 novos criadores ingressaram no programa, que realizou 4.588 ultrassonografias de carcaça. Ao todo, 13.691 animais foram avaliados ao sobreano, crescimento de 10% em relação ao ano anterior (12.434).

Fonte: ANC

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Grãos
O Indicador CEPEA/ESALQ informa que o algodão, com pagamento em 8 dias já opera acima de R$ 8/libra-peso
Equídeo
O encontro entre o IBEqui, o Instituto de Biotecnologia e Inovação do Senai e a Embrapa teve como objetivo o desenvolvimento de pesquisas voltadas aos interesses da Equideocultura
Agronegócio
Em reunião presencial, o CONSEA/SP – Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável – discute Plano Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica e o Prêmio Josué de Castro, edição 2022
Agronegócio
BNDES e Marinha do Brasil dão início esta semana a estudo que irá levar o país a conhecer o potencial econômico da costa brasileira