Nacional do Árabe termina com páreo emocionante

Realizado no Jockey Club de São Paulo, Prêmio Copa do Brasil encerra com chave de ouro disputas da 40ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe. Marlize Rach foi a campeã.
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Nacional do Árabe termina com páreo emocionante
Marlize Rach vence o Prêmio Copa do Brasil
Áudio

Para finalizar a tarde de corridas no Jockey Club de São Paulo, na tarde de 27 de novembro, um sábado, exemplares da raça Árabe se enfrentaram pelo Prêmio Copa do Brasil. Esse páreo extra especial, promovido pela Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), encerrou com chave de ouro as disputas da modalidade de Corrida válidas pela 40ª Exposição Nacional da raça.

Ao todo, 11 exemplares Puro Sangue Árabe, entre machos e fêmeas, disputaram o título brasileiro nos 1.000m, em pista de grama. De acordo com a ABCCA, o Prêmio Copa do Brasil distribuiu uma bolsa total de R$ 10.098.

Como resultado, Marlize Rach (Eksort Rach x Musa Rach) cruzou a linha de chegada em primeiro lugar no tempo de 1:07.119, com três corpos de diferença do animal segundo colocado. Marlize Rach foi treinada para o páreo por L. Quintana e conduzida à vitória pelo jóquei F. Larroque. O animal é de criação e propriedade do Rach Stud.

“A Marlize Rach é uma égua pura polonesa, irmã materna do Mentor, filha da Musa Rach. Ou seja, isso mostra o nosso trabalho como criadores tentando criar uma linhagem de Corrida. Mostra que há uma consistência genética, tanto materna quanto paterna. Afinal, a Marlize é o quarto produto do Eksort que ganha corrida e o segundo produto da Musa. Isso mostra que a genética vai se formando”, frisa Ricardo Saliba, do Rach Stud.

No segundo posto, com o tempo de 1:07.580, ficou o macho Veneraddo Rach (Atentaddo VE x Vanna Rach) com o jóquei L. Felipe. O animal também é de criação do Rach Stud, mas de propriedade de Daniela Franco de Oliveira.

Depois, na terceira posição ficou Blendda D’Johrdan JM (Johrdan El Jamaal e Shallana HVP) ao cruzar a linha final no tempo de 1:08.280 sob a condução do jóquei I. Silva Ap1. O animal é outro de criação do Rach Stud, com propriedade Roberto Jonas Simôes.

Para saber mais sobre o cavalo Árabe, acesse www.abcca.com.br e acompanhe a Associação pormeio dos perfis oficiais nas redes sociais:

Instagram: @abccarabe | Facebook: ABCCÁrabe | YouTube: ABCCArabe

Fonte: ABCCA/Comunicação Equestre

Crédito: Divulgação ABCCA

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

O cooperativismo tem bons motivos para comemorar quando o assunto é o avanço de sua agenda institucional no Congresso Nacional.
Trata-se da última extensão de terra do município, às margens do rio Taiassuy, já no limite com o Arquipélago do Marajó, com vista para o estado do Amapá.
Em 21 de janeiro de 2022, serão condecorados animais e pessoas que contribuíram para o desenvolvimento do Quarto de Milha no Brasil.
Cadastro da Agricultura Familiar (CAF) será implantado até junho de 2022. Vale a pena e chega a ser um dever conferir as mudanças.