O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

Mercado de suínos no início de março se mostra estável

Embora a média dos preços do suíno vivo tenha apresentado algumas baixas, o valor da arroba se manteve estável em São Paulo e Rio Grande do Sul
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

Segundo análise do Cepea/Esalq, o mercado de suínos fechou com cotações estáveis – 03/03 e 04/03 – mas apresentando algumas quedas. Apesar das recentes altas, média mensal dos preços do suíno vivo está em baixa se comparada a do mês de janeiro. O suinocultor vem sendo pressionado em seu poder de compra junto aos principais insumos, como milho, soja e farelo.

Em São Paulo, segundo a Scot Consultoria, a arroba do suíno CIF ficou estável em R$ 145,00/R$ 150,00, enquanto a carcaça especial sofreu recuo de 0,93%/0,90%, valendo R$ 10,60/R$ 11,00 o quilo.

No caso do animal vivo, conforme informações do Cepea/Esalq, referentes à terça-feira (2/03), os preços ficaram estáveis em São Paulo, cotado em R$ 7,97/kg, e no Rio Grande do Sul, fixado em R$ 7,24/kg.

Houve recuo de 2,32% no preço do suíno vivo em Minas Gerais, atingindo R$ 7,59/kg, baixa de 0,81% no Paraná, chegando a R$ 7,36/kg, e de 0,54% em Santa Catarina, fechando em R$ 7,33/kg.

Fonte: Cepea/Esalq