Mercado de suínos no início de março se mostra estável

Embora a média dos preços do suíno vivo tenha apresentado algumas baixas, o valor da arroba se manteve estável em São Paulo e Rio Grande do Sul
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Áudio

Segundo análise do Cepea/Esalq, o mercado de suínos fechou com cotações estáveis – 03/03 e 04/03 – mas apresentando algumas quedas. Apesar das recentes altas, média mensal dos preços do suíno vivo está em baixa se comparada a do mês de janeiro. O suinocultor vem sendo pressionado em seu poder de compra junto aos principais insumos, como milho, soja e farelo.

Em São Paulo, segundo a Scot Consultoria, a arroba do suíno CIF ficou estável em R$ 145,00/R$ 150,00, enquanto a carcaça especial sofreu recuo de 0,93%/0,90%, valendo R$ 10,60/R$ 11,00 o quilo.

No caso do animal vivo, conforme informações do Cepea/Esalq, referentes à terça-feira (2/03), os preços ficaram estáveis em São Paulo, cotado em R$ 7,97/kg, e no Rio Grande do Sul, fixado em R$ 7,24/kg.

Houve recuo de 2,32% no preço do suíno vivo em Minas Gerais, atingindo R$ 7,59/kg, baixa de 0,81% no Paraná, chegando a R$ 7,36/kg, e de 0,54% em Santa Catarina, fechando em R$ 7,33/kg.

Fonte: Cepea/Esalq

Relacionadas

Veja também

A agroindústria constitui importante alternativa na geração de empregos, sucessão familiar e renda no meio rural. Para incrementar os negócios há programas efetivos
O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) recebe até o dia 24 de janeiro as inscrições para a seleção dos cursos técnicos gratuitos e a distância em Agronegócio, Fruticultura e Zootecnia
A Faculdade CNA está com inscrições abertas até o dia 23 de fevereiro para o vestibular de quatro graduações a distância
Reunindo um pequeno grupo de convidados e autoridades a Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (ARCO) celebrou seus 80 anos, dia 18 último, em sua sede (Bagé, RS)