Maior disponibilidade da cenoura nas Ceasas do país

Minas Gerais e Goiás contribuíram para a alta da oferta da cenoura e consequente queda nos preços
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Minas Gerais e Goiás contribuíram para a alta da oferta da cenoura e consequente queda nos preços
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

A maior disponibilidade da cenoura e a intensificação da oferta da cebola nordestina registradas nas principais Centrais de Abastecimento (Ceasas) do país refletiram na queda dos preços dos produtos no atacado. É o que mostra o 6º Boletim Prohort, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que traz a média dos valores praticados em maio na comercialização das cinco principais hortaliças. Já batata e tomate não demonstraram movimento uniforme em suas cotações entre as Ceasas analisadas.

Aumento da Produção da Cenoura

O aumento na produção mineira e goiana da cenoura foi a principal causa da diminuição de preços em todos os mercados atacadistas analisados. A movimentação nessas Ceasas aumentou em 8%, em relação a abril.

As condições climáticas, principalmente o tempo seco, vem favorecendo a produtividade e consequentemente a oferta desse produto.

Com as frutas acompanhando o cenário de queda, a banana e o mamão também ficaram mais baratos no atacado em maio. Para a banana, a Companhia verificou um aumento da oferta resultando em queda nos preços em quase todos os entrepostos atacadistas. A maior redução foi registrada em Curitiba, chegando a um percentual de 30,88%. Apenas a Ceasa de Vitória, no Espírito Santo, registrou o comportamento inverso com elevação de quase 33% nas cotações.

No caso do mamão, a variedade papaya (com destaque para o capixaba e o baiano) chegou a registrar maior disponibilidade de produto no mercado. A oferta do mamão formosa se situou em menores patamares. Contudo, em decorrência da menor demanda, os preços também tenderam a permanecer baixos.

Fonte: Conab

Crédito da foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Leia também