Search
Close this search box.

Leite aumenta produtividade com melhora de forragem  

30 de agosto de 2022

A produção de leite ainda se encontra em patamares inferiores quando comparados ao mesmo período de anos anteriores devido ao clima adverso para o desenvolvimento das pastagens de inverno
Compartilhe no WhatsApp
Leite aumenta produtividade com melhora de forragem
As forragens ajudaram a aumentar a produtividade do leite – Foto: Freepik/jcomp

Diante das condições de luminosidade, temperatura e umidade favoráveis à oferta de forragem, ocorreu uma melhora significativa, ajudando a elevar a produtividade e diminuindo os custos de produção do leite. A esse cenário favorável soma-se a elevação dos preços recebidos pelos produtores.

As condições sanitárias foram adequadas e, com a redução da umidade e do barro no entorno das instalações, ocorreu uma redução importante no controle das mastites.

Na regional da Emater/RS-Ascar de Bagé, a produção de leite ainda se encontra em patamares inferiores na comparação com o mesmo período de anos anteriores devido ao clima adverso para o desenvolvimento das pastagens cultivadas de inverno, além da menor disponibilidade de feno e silagem decorrentes da estiagem do último verão.

Porém, conforme as áreas com azevém, trevos e cornichão atingem melhores taxas de crescimento, a dieta das matrizes se qualifica com reflexo direto na produtividade.

No regional da Emater/RS-Ascar de Erechim, os bovinocultores estão otimistas com os preços recebidos pelo litro de leite. Na regional de Caxias do Sul, a sanidade dos bovinos foi satisfatória, e o escore corporal das vacas de leite foi mantido.

Na regional de Frederico Westphalen, as pastagens perenes de verão, como a tífton, jiggs, capim kurumi e pioneiro, já estão em brotação, e as áreas novas estão no início do preparo. A chuva dos últimos dias tem ajudado no desenvolvimento das culturas.

Preço do leite nas regionais

Na regional de Ijuí, com a elevação no preço do leite pago ao produtor, os produtores estão estimulados a realizar novos investimentos na atividade. Na regional de Passo Fundo, a recuperação parcial das pastagens ampliou a oferta de alimentos volumosos a campo.

Na regional de Pelotas, em Pedras Altas, o tempo favoreceu as pastagens devido à ocorrência de dias com bastante luminosidade, apesar da chuva intensa que ocorreu no início do período. Já em Rio Grande, as pastagens estão em ligeiro e discreto crescimento, mas a produção ainda está abaixo do esperado para a época. Em Pelotas, alguns produtores já planejam o plantio do milho no cedo para a silagem.

Na regional de Porto Alegre, o baixo desenvolvimento das pastagens cultivadas em função do clima chuvoso tornou essencial o aumento na suplementação tanto de ração quanto de silagem.

Na regional de Santa Rosa, a produção de leite diária está acima de 1,8 milhões de litros, apresentando normalização da produção para esta época. O predomínio de dias com temperaturas mais amenas é benéfico para o estado corporal dos animais, que permanecem por mais tempo pastejando. O preço do leite pago ao produtor em média, na região, continua aumentando, satisfazendo os produtores, uma vez que os valores são considerados muito bons se comparados com a média histórica.

Na regional de Soledade, a oferta de pastagens está satisfatória para o rebanho leiteiro. As pastagens perenes de verão que haviam brotado em função do calor do mês de julho foram queimadas parcialmente pela geada. Com a redução do valor dos insumos, a relação entre o custo e o valor pago ao produtor pelo litro do leite está satisfatória.

Fonte: Emater/RS

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

No periódico Current Microbiology, pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Alimentos descreveram três cepas de bactérias do gênero Lactobacillus em queijos que podem beneficiar a saúde humana e atender às demandas da indústria queijeira
Com 3 milhões de litros de leite captados diariamente, Patos de Minas se destaca como um gigante na produção leiteira, impulsionando o desenvolvimento regional e econômico
Torneio leiteiro da 54ª Expoimp tem recorde brasileiro de produção de leite