Programação da Final do Movimiento a La Rienda

A Final Nacional do Movimiento a La Rienda vai acontecer entre os dias 11 e 12 de dezembro, encerrando o Ciclo 2021 do Cavalo Crioulo.
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Programação da Final do Movimiento a La Rienda
A Final Nacional Movimiento a La Rienda traz uma novidade: neste ano, ela não vai acontecer em Esteio (RS), e sim um pouco mais ao norte, em Campina Grande do Sul (PR).
Áudio

Andaduras, esbarradas, troia, oito, volapié, giro de patas, desmontar e montar e, finalmente, recuo: a Final da competição que avalia o desempenho dos competidores nesses oito movimentos está chegando e já tem definida a sua programação.

A Final Nacional do Movimiento a La Rienda vai acontecer entre os dias 11 e 12 de dezembro, encerrando o Ciclo 2021 do Cavalo Crioulo, com uma novidade: neste ano, ela não vai acontecer em Esteio (RS), e sim um pouco mais ao norte, em Campina Grande do Sul (PR).

É na Arena de Eventos do município, a maior arena coberta da América Latina, que vão acontecer as provas. O local também será a sede da Final do Rédeas de Ouro, a ocorrer entre 6 e 11 de dezembro, pela quarta vez.

A Final do Movimiento a La Rienda irá distribuir mais de R$ 55 mil em prêmios e terá avaliação dos jurados Golbery de Vasconcelos, Luís Rodolfo Machado e Mário Pires.

Confira a programação completa do evento:

  • 06/12/2021 – segunda-feira
  • 08h – Início da entrada dos animais
  • 11/12/2021 – sábado
  • 11h – Revisão dos animais (todas as categorias)
  • 14h – Crioulos do Futuro
  • 12/12/2021 – domingo
  • 08h – Profissional A
  • Sequência – Profissional B
  • Sequência – Amador A
  • Sequência – Amador B
  • Sequência – Infantil
  • Sequência – Entrega de prêmios

Fonte: ABCCC

Crédito: Divulgação ABCCC

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Diretoria, Conselhos e Comissões foram apresentados oficialmente nesta terça-feira, 18 de janeiro. A cerimônia aconteceu na sede da ABCCMM, em Belo Horizonte (MG)
O cooperativismo tem bons motivos para comemorar quando o assunto é o avanço de sua agenda institucional no Congresso Nacional.
Trata-se da última extensão de terra do município, às margens do rio Taiassuy, já no limite com o Arquipélago do Marajó, com vista para o estado do Amapá.
Em 21 de janeiro de 2022, serão condecorados animais e pessoas que contribuíram para o desenvolvimento do Quarto de Milha no Brasil.