EUA segue comprando mais que a China

No ano passado, a carne bovina brasileira foi enviada aos Estados Unidos pela média de US$ 7,26/kg, o que representa um avanço de 1,8% frente ao anotado em 2020 (US$ 7,14/kg)
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
EUA segue comprando mais que a China
Embarques de dezembro registraram novo recorde mensal, de 30,3 mil toneladas – Foto: Divulgação/Arquivo OP Rural

Passados pouco mais de três meses, os envios de carne bovina dos EUA à China foram retomados na segunda quinzena de dezembro. Conforme dados da Secex, no último mês, o Brasil exportou 6,79 mil toneladas da proteína (in natura, industrializada, miúdos entre outros) ao país asiático.

Aos Estados Unidos, por sua vez, os embarques de dezembro registraram novo recorde mensal, de 30,3 mil toneladas, resultado que sustentou o país norte-americano como o maior destino da proteína brasileira pelo segundo mês seguido.

Segundo pesquisadores do Cepea, esse resultado está atrelado, entre outros fatores, ao real desvalorizado frente ao dólar, o que torna a carne nacional bastante competitiva e atrativa aos norte-americanos.

Vale ressaltar que os Estados Unidos são grandes produtores de proteína bovina, mas também são importantes demandantes – o país tipicamente exporta carne cara e importa carne barata.

Em 2021, a carne brasileira foi enviada aos Estados Unidos à média de US$ 7,26/kg, avanço de 1,8% frente à de 2020 (de US$ 7,14/kg).

Fonte: Cepea

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Equídeo
O encontro entre o IBEqui, o Instituto de Biotecnologia e Inovação do Senai e a Embrapa teve como objetivo o desenvolvimento de pesquisas voltadas aos interesses da Equideocultura
Aves e Suinos
As tarifas para a importação de carne de frango foram suspensas pelo México para países que tenham estabelecimentos habilitados a exportar o produto
BovinoLeite
Evento, que reuniu o governador de Goiás e produtores de leite, aconteceu na Estância Tamburil e teve como objetivo a discussão do avanço tecnológico no setor
BovinoCorte
De origem brasileira, a JBS vai distribuir mais de R$ 2,2 bi em dividendos pelos bons resultados obtidos no mercado americano