Embrapa Caprinos e Ovinos selecionará bolsistas

Vagas serão para a sede em Sobral (foto) e para os núcleos regionais em Campina Grande e Coronel Pacheco.
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Embrapa Caprinos e Ovinos selecionará bolsistas
Embrapa Caprinos Ovinos, em Sobral (CE) – Foto: Embrapa Caprinos Ovinos/Lucas Oliveira
Áudio

A Embrapa Caprinos e Ovinos (Sobral-CE) selecionará bolsistas para projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica, com atuação na sua sede, em Sobral e em núcleos regionais em Campina Grande (PB) e em Coronel Pacheco (MG). O Edital de seleção prevê quatro vagas para estudantes de graduação e outras onze vagas para profissionais com nível superior completo. As inscrições para a seleção começaram nesta segunda-feira, 27 de setembro.

Estudantes de graduação poderão concorrer às vagas para bolsas na modalidade de Iniciação Tecnológica e Industrial. Em Sobral, haverá oportunidades para as áreas de Economia Aplicada a Ciências Sociais do Meio Rural (alunos de Ciências Econômicas, Agronegócios, Agronomia, Zootecnia ou Administração) e de Ferramentas Digitais/Tecnologia da Informação (estudantes de Ciências da Computação ou Engenharia da Computação). Outras duas vagas serão ofertadas para Coronel Pacheco, na área de Produção de leite de cabra a pasto (alunos de Agronomia, Zootecnia ou Medicina Veterinária). A bolsa varia de 8 a 12 meses, com remuneração mensal de R$ 400.

Já os profissionais com nível superior completo podem concorrer às bolsas de Desenvolvimento Tecnológico e Industrial (DTI) ou de Especialista Visitante. Destas, seis vagas serão para bolsa de DTI na área Transição Agroecológica para o Semiárido, em Sobral, para zootecnistas com experiência em projetos na área. Também para Sobral, serão ofertadas mais quatro vagas, com duas para bolsas de DTI em projetos de alimentação de ovinos de corte e de melhoramento genético vegetal e outras duas para Especialista Visitante, em projetos de sanidade animal e sistemas de alerta precoce. Estas quatro últimas vagas exigem doutorado, em áreas especificadas pelo Edital.

Para Campina Grande, haverá oportunidade para bolsista DTI em produção de caprinos leiteiros, para profissionais com formação superior completa em Agronomia, Medicina Veterinária, Zootecnia ou Agrobiologia. A remuneração para as bolsas de profissionais com nível superior completo varia entre R$ 1,1 mil e R$ 4 mil, de acordo com a natureza da bolsa e o perfil definido no Edital.

As inscrições vão até o dia 8 de outubro e devem ser feitas de forma eletrônica, pelo e-mail [email protected] A seleção levará em conta a experiência do candidato e seu desempenho em entrevista, que será agendada no período entre 11 e 13 de outubro e realizada de forma remota. A previsão é que os resultados sejam divulgados no dia 20 de outubro.

Fonte: Embrapa Caprinos e Ovinos
Foto: Embrapa Caprinos Ovinos/Lucas Oliveira

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Canchim, a raça sintética proveniente do Charolês (francês) e do Nelore (brasileiro) integra banco de dados do Promebo.
Já no parto, o coto umbilical precisa cicatrizar de forma correta para evitar problemas futuros aos animais e prejuízos ao pecuarista.
Em tempos onde o preço da produção do leite sobe menos que os custos, nutrição de qualidade e assistência técnica ajudam a manter alta produtividade
Entre tantas,mais uma pesquisa comprova que ingerir mais “ouro branco”, a gordura láctea, oferece menor risco de doenças cardíacas.