Conab contrata frete para levar mais alimentos a ribeirinhos da Amazônia

A medida se destina a atender principalmente o Estado do Amazonas, além do Pará, Acre e Rondônia

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Áudio

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) vai contratar, por meio de leilão de frete realizado na próxima terça-feira (18/05), a remoção de 1.519 toneladas de produtos alimentícios para formação de cerca de 69 mil cestas que serão doadas a famílias ribeirinhas indígenas, extrativistas e de pescadores em situação de insegurança alimentar e nutricional. A medida é para atender o Estado do Amazonas, principalmente, além do Pará, Acre e Rondônia. 

O pregão ocorre por meio do Sistema de Comercialização Eletrônica da própria Companhia (Siscoe), a partir das 9h30. As mercadorias em fardos que estão armazenados na capital, Manaus/AM, e em Rondonópolis/MT serão transportadas pelos modais rodoviário e fluvial, com a finalização prevista para até 31 deste mês e entrega das cestas montadas até meados de junho. 

Dos municípios que receberão as cestas nos endereços determinados pela Conab, quase todos estão localizados às margens dos principais rios da região, como Amazonas, Negro, Solimões, Madeira e Juruá. São 15 localidades do estado amazonense (Cruzeiro do Sul, Eirunepé, Carauari, São Gabriel da Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro, Boca do Acre, Manicoré, Autazes, Urucará, Itacoatiara e outros), além do Pará (Oriximiná), Acre (Sena Madureira) e Rondônia (Porto Velho). 

Todos os beneficiados vão receber cestas básicas de 22 quilos compostas por feijão, óleo, macarrão, fubá ou flocos de milho, mandioca ou farinha de trigo, arroz, açúcar cristal ou mascavo e leite em pó. A doação é uma iniciativa para mitigar os efeitos do enfrentamento à pandemia do coronavírus, em parceria com o Ministério da Cidadania. 

A participação deste pregão é livre a transportadoras de todo o país. Para isso, é necessário estarem cadastradas em bolsa de mercadorias pela qual pretendam realizar a negociação, bem como comprovar situação regular junto aos principais sistemas cadastrais da Conab, como o Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais (Sican), entre outras exigências previstas no edital. 

Clique aqui para obter mais detalhes sobre o Aviso de Frete n.º 39/2021, publicado no site da Conab. 

Fonte: Conab
Crédito da foto: Divulgação/Canva

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Câmara Temática de Insumos debate demora no registro de inovações tecnológicas
Apesar de sucessivos recordes nas exportações brasileiras de produtos do agronegócio, ainda é preciso melhorar a imagem do Brasil.
Alta do dólar em meio a pandemia elevou exportação e esvaziou mercado interno. Castigo ao consumidor brasileiro deve perdurar, em meio a safras recordes.
Campanhas e pessoas como Carlos Alberto da Silva, da Publique; veículos como o jornal Estadão; e agências como a Santa Clara, foram lembrados.