Doc’s Gamay, outro nome que deixou sua marca na história do Quarto de Milha

Além da Apartação, produziu inúmeros filhos premiados em Rédeas, Laço Individual (técnico e cronômetro), Laço Cabeça, Laço em Dupla, Team Penning, Seis Balizas, Três Tambores, Cinco Tambores e em Conformação
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Doc's Gamay
Doc’s Gamay foi responsável pela produção de inúmeros animais premiados em várias modalidades – Foto: Divulgação/Alvaro Maya 

Entre os primeiros e importantes exemplares norte-americanos a pisarem no Brasil, trazidos pela Fazenda Berrante, de Assis (SP), como Catchme Ifyoucan, Shady Apolo Bars, Sanjay, Mr Jay Bee Dee, e em parceria com o Haras Jota Sá, o tordilho de Corrida Mito Wise Dancer, entre outros. Destaco agora, o alazão tostado Doc’s Gamay, nascido em 05/04/1974.

Escolhido pelo visionário Renato Eugênio Rezende Barbosa (Tô), desembarcou em dezembro de 1976. Fez curta campanha nas pistas, obtendo entre seus principais títulos na Apartação as vitórias no V Campeonato Nacional do QM de Trabalho, em 1982, e na XI Exp. Feira Agropecuária Industrial de Maringá, em 1983, além do 2º lugar na I Semana do Cavalo do Estado do Rio de Janeiro de 1984, todos na classe Aberta Livre, apresentado por Jayme de Jesus Rodrigues (Hall da Fama 2014). Mas foi na reprodução que esse filho da “lenda” Doc Bar e a reprodutora Candy Tivio (Poco Tivio) atingiu posição de destaque. 

Doc’s Gamay: um show na reprodução 

Mesmo desaparecido há 16 anos, foi responsável pela produção de inúmeros animais premiados em várias modalidades, totalizando 657,5 pontos. 

Entre os principais nomes na Apartação, aparecem as campeãs: Doc’s Center, Doc Made, Made Gamay, Doc’s Country, Gamay Por Shady, além de Cactus Candy e Billies Gomay. Já pelos machos, o ‘cow sense’ fica por conta dos pontuados: Doc Mi, Golden Doc 2I, Doc’s Art, Billy’s Gamay e Doc’s Ring MN. 

Pela Rédeas, os nomes são: Doc Magic e Silver Gamay DF. Em relação às provas de Velocidade, destaque para: Barr Doc’s Bossy e Doc Bando. No Laço em Dupla aparece Doc Bando. Pelo Team Penning, o destaque ficou por conta de Barr Doc’s Bossy e o cavalo Jumbo Doc RT. 

Doc’s Gamay foi também Líder de Estatísticas como avô materno e paterno, citando entre eles o campeoníssimo de Rédeas, o cavalo castrado, já desaparecido, Buccaneer HDN (Doc’s Safari), somando 126 pontos e detentor de Registro de Mérito Superior pelas classes Aberta e Amador. 

Por todo seu desempenho na reprodução e representando também um marco na história da raça, Doc’s Gamay foi eternizado pela ABQM durante o 9° Hall da Fama. 

Por Abdalla Jorge Abib 

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

 

Relacionadas

Veja também

Mesmo desaparecido há 21 anos ocupa, em todos os tempos, a 9ª colocação do Ranking da ABQM, como pai, e líder absoluto, como avô
Mesmo desaparecido há 15 anos, ocupa a 25ª colocação no Ranking de Reprodutores, em todos os tempos
Nesta coluna de Abdalla Abib, ele fala do craque nas pistas de Apartação que, com um “cow sense” extraordinário e oriundo de uma nobre genética, mostrou toda sua qualidade como atleta e deixou um legado na reprodução
Dando continuidade à série sobre os ícones da raça Quarto de Milha, nosso colunista Abdalla Abib faz aqui o registro de mais um garanhão eternizado no Hall da Fama, campeão nas pistas e destaque na reprodução