Aplicativo oferece informações da andada do caranguejo-uçá

Remar Cidadão precisa da participação dos cidadãos para avaliação e aprimoramento das previsões de andadas e das normativas de defeso dos caranguejos nos anos futuros
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Aplicativo oferece informações da andada do caranguejo-uçá
Em 2022, o período de defeso do caranguejo-uçá ocorre em mais quatro datas nas fases da lua nova e lua cheia – Foto: Arquivo Prefeita Municipal de São Gonçalo (RJ)

No próximo dia 2 de fevereiro terá início à segunda fase da andada do caranguejo-uçá. E com ela, a Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP) reforça a utilização da versão 2.0 do aplicativo Remar Cidadão para a coleta e sistematização de dados sobre esse período de defeso da espécie Ucides cordatus e do caranguejo guaiamum.

O aplicativo é gratuito e está disponível atualmente nos sistemas operacionais Android e IOS, e permite que os atores da cadeia produtiva da pesca e demais cidadãos, em qualquer parte do litoral brasileiro, contribuam com o reporte de informações sobre a andada reprodutiva dos caranguejos. O passo a passo para o acesso está disponível no site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

De acordo com a SAP, a participação dos cidadãos é fundamental para a avaliação e aprimoramento das previsões de andadas e das normativas de defeso dos caranguejos nos anos futuros. As informações fornecidas por meio do aplicativo também são essenciais para o aprimoramento da gestão desses recursos pesqueiros de extrema importância no Brasil.

8c175a64 b49d 453b 8754 6c344732cda8

No período da andada do caranguejo-uçá, macho e fêmea saem de suas tocas e andam pelo manguezal para o acasalamento e para a liberação dos ovos, garantindo a continuidade da espécie.

Em 2022, o período de defeso do caranguejo-uçá ocorre em mais quatro datas nas fases da lua nova e lua cheia. A proibição de captura deve ser observada nos estados Amapá, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia.

Desta forma, fica proibido capturar, transportar, beneficiar, industrializar e comercializar o animal nos estados definidos. É o que determina a Portaria 325/2020.

Sem a definição do período defeso, as espécies estariam vulneráveis à pesca predatória, reduzindo o número de indivíduos e comprometendo a perpetuação do caranguejo-uçá, que tem grande importância ecológica e socioeconômica no Brasil.

Fonte: MAPA

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Tecnologia
A feira que se encerrou ontem, 19 de maio, mostrou como os drones podem ser aliados para aplicação de defensivos agrícolas, adjuvantes, fertilizantes, inoculantes, corretivos e sementes
Equídeo
O encontro entre o IBEqui, o Instituto de Biotecnologia e Inovação do Senai e a Embrapa teve como objetivo o desenvolvimento de pesquisas voltadas aos interesses da Equideocultura
Tecnologia
O Showtec 2022 acontece entre os dias 25 e 27 de maio em Maracaju, MS, e terá, em sua programação, painéis técnicos, mostra de maquinários e insumos para a produção agropecuária
Aves e Suinos
As tarifas para a importação de carne de frango foram suspensas pelo México para países que tenham estabelecimentos habilitados a exportar o produto