Ação alimenta famílias de baixa renda e fortalece agricultura familiar

Em Resende Costa, Programa Progredir beneficia cerca de 100 famílias, que recebem R$ 80 por mês para compras em feira do município.
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Ação alimenta famílias de baixa renda e fortalece agricultura familiar
Áudio

Uma ação social em Resende Costa, na região do Campo das Vertentes, contribui para melhorar a alimentação de pessoas de baixa renda e ainda fortalece a agricultura familiar do município. Os primeiros resultados do Programa Progredir puderam ser conferidos no último sábado (6 de novembro), quando cerca de 100 beneficiários compraram alimentos na Feira Livre do Rosário, com os cartões equivalentes a R$ 80 oferecidos pela Prefeitura. O auxílio será distribuído mensalmente para as famílias cadastradas.

O Progredir foi elaborado pela Prefeitura de Resende Costa, por meio da Secretaria de Assistência Social e da Secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente, e conta com a parceria da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG).

FEIRA RESENDE COSTA
Resende Costa (MG) melhora alimentação de famílias de baixa renda e fortalece agricultura familiar.

“O objetivo é promover a dignidade dos moradores de baixa renda e, ao mesmo tempo, fortalecer a agricultura familiar do município”, afirma a extensionista de Bem-Estar Social da Emater-MG, Elisabeth Almeida.

Mais benefícios

Além do valor recebido mensalmente, os beneficiários do Programa Progredir participam de oficinas oferecidas pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), e as crianças das famílias devem frequentar a escola, além de manter a carteira de vacinação em dia. As gestantes recebem acompanhamento pré-natal, além de orientações depois do parto.

O público atendido foi definido entre as famílias cadastradas no Cras, com base no CadÚnico, que é um registro do governo federal, com informações sobre as famílias de baixa renda. Esses dados são atualizados pelas prefeituras municipais em todo o País. Para participar do CadÚnico, os interessados devem procurar o CRAS de sua cidade e atenderem aos critérios de vulnerabilidade social definidos pelo governo.

“O dia 6 de novembro será lembrado como o dia da inclusão em Resende Costa. Foi o dia da consolidação do Programa Progredir, dia de inclusão dos feirantes em mais um importante mercado institucional e de inclusão dos beneficiários do CadÚnico, que tiveram acesso aos melhores produtos ofertados pela feira da agricultura familiar do município”, afirmou o gerente regional da Emater-MG em São João Del Rey, Odair José Gerônimo.

O Progredir também representa outras vantagens para o município. Com o cartão para gastar em produtos da feira, aumenta o número de compradores e o volume comercializado, o que contribui para movimentar a economia local.

Como participar

“Os agricultores interessados em participar da feira podem procurar a Emater-MG e preencher uma ficha com dados pessoais e informações sobre os itens a serem comercializados. Os produtos são variados, como hortaliças, bolos, biscoitos, doce, mel e peixe, entre outros”, explica Elisabeth Almeida.

O município de Resende Costa tem 800 agricultores familiares cadastrados na Emater-MG e a feira é realizada todos os sábados, das 7h às 12h, na praça do Rosário. As atividades presenciais, que haviam sido suspensas devido à pandemia de Covid-19, retornaram no último mês de junho.

“O Progredir veio para garantir às famílias uma alimentação de qualidade e incentivar que estas mesmas famílias busquem o seu próprio bem-estar social, cumprindo as exigências do programa, como frequência escolar das crianças e participação em oficinas profissionalizantes. Além disso, o programa vai gerar renda também para a agricultura familiar local, fortalecendo os feirantes e agricultores”, resume Elisabeth Almeida, da Emater-MG.

Fonte: Emater-MG/Assessoria de Comunicação

Crédito da foto: Adobe Stock

Crédito: Divulgação Emater-MG

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Com a procura internacional crescente, o clima favorável para a produtividade, a qualidade dos produtos e os novos mercados crescem as vendas externas da fruticultura brasileira
Um novo levantamento divulgado pela Emater-MG mostra que milho, feijão e hortaliças foram as culturas mais afetadas pelo excesso de chuvas. As perdas são grandes
Embrapa lança edital para viveiristas interessados em produzir mudas e sementes de amendoim forrageiro. Trata-se de uma oportunidade dos agricultores diversificarem produtos
Desempenho no ano passado representa uma evolução de 10,3% em receita cambial, na comparação com 2020. Já no montante de quedas houve queda importante e esperada