Abraleite lança 1ª Semana do Leite e Derivados

1ª Semana do Leite e Derivados destaca “alimentos que fazem o Brasil crescer”, pela saúde de seu povo e economicamente, pelo peso da sua cadeia produtiva.
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Abraleite lança 1ª Semana do Leite e Derivados
Tereza Cristina, ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Áudio

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), com apoio da Abraleite, CNA, OCB, Viva Lácteos, ABRAS e diversas outras entidades e instituições ligadas à cadeia do leite membros da Câmara Setorial do Leite do MAPA lançaram, em 3 de novembro, a 1ª Semana do Leite e Derivados, com tema central “Leite e Derivados: Alimentos que fazem o Brasil crescer”.

A iniciativa tem o objetivo de mostrar a força do leite na economia brasileira e valorização da qualidade do leite e derivados produzidos no País.

“O Brasil é o terceiro maior produtor de leite e derivados do mundo. São 35 bilhões de litros por ano. Mas não é só isso. Temos mais de 1 milhão de produtores, espalhados por 99% dos municípios brasileiros. No total, são gerados pela cadeia do leite mais de 20 milhões de empregos diretos e indiretos. Envolvendo todos os elos, são movimentados mais de R$ 100 bilhões por ano”, destacou Geraldo Borges, presidente da Abraleite, participante da mesa de lançamento da Semana.

WhatsApp Image 2021 11 03 at 13.48.29 1536x639 1
A 1ª Semana do Leite e Derivados trará como tema central “Leite e Derivados: Alimentos que fazem o Brasil crescer”

Em sua fala, o presidente da entidade agradeceu à atenção do MAPA e da ministra Tereza Cristina ao leite e, especialmente, aos produtores. Ele disse que esse movimento é de grande importância para mostrar a força do leite para a sociedade, além de valorizar o trabalho dos produtores.

WhatsApp Image 2021 11 03 at 13.47.11
Geraldo Borges, presidente da Abraleite.

“Essa campanha tem importância muito grande para mostrar para a sociedade não só o quanto o leite e seus derivados são importantes para a saúde humana, mas também a importância da nossa cadeia sob todos os pontos de vista. Isso vale em relação a emprego e renda. O leite é a 6ª atividade mais importante da agropecuária nacional, colocando o Brasil como o terceiro maior produtor de leite do planeta. Isso precisa ser colocado para a sociedade. Esse é um passo grande que o Ministério dá com a apoio de todas essas entidades citadas da qual a Abraleite faz parte. Gostaria de dizer que nós acreditamos que esse marketing bem feito, essa publicidade do leite, é mais do que necessária. Ela nunca deve deixar de ser realizada”.

“Com certeza, essa é a primeira semana, mas a iniciativa será para sempre”, respondeu a ministra Tereza Cristina. “Estamos caminhando. Essa é uma construção contínua e coletiva, que envolve todos os setores dessa importante cadeia produtiva. Eu confio nas pessoas e no trabalho em equipe. Juntos, vamos mostrar a importância do leite para a nutrição das pessoas e também reforçar que diariamente, 365 dias por ano, milhares de produtores acordam de madrugada para coletar o leite que alimenta milhões de pessoas”, disse a ministra.

Fonte: Abraleite

Crédito: Divulgação Abraleite

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Remar Cidadão precisa da participação dos cidadãos para avaliação e aprimoramento das previsões de andadas e das normativas de defeso dos caranguejos nos anos futuros
Para especialistas, desempenho exportador das carnes neste início de 2022 é bastante satisfatório, mas o preço da carne suína registra queda anual próxima de 10%
Também nos bovinos, os nutrientes desempenham funções essenciais no organismo; então, atenção para quando ele faltarem na forragem oferecida, Carência muito comum no País
Os dados constam do banco da Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC), entidade mais antiga de registro de animais de raça do país