ABCZ anuncia ‘Black Friday 2021’

A Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) anunciou oficialmente nesta segunda-feira, 22 de novembro, a realização de mais uma edição da ‘Black Friday ABCZ’.
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Áudio

A ação, que tem como objetivo oferecer descontos em alguns produtos e serviços da entidade, será realizada na próxima sexta-feira, dia 26 de novembro, com novidades.

“Essa é uma ação comercial que já tem se tornado tradicional no país, e, também, na ABCZ, já que será o quarto ano consecutivo que teremos a promoção. Percebendo a proximidade da data, até porque normalmente as ações de Black Friday acontecem sempre na última sexta-feira do mês de novembro, muitos criadores já estavam nos procurando para saber de descontos que teremos esse ano. Para isso nossa orientação é de que esperem um pouco mais, já que o mistério também faz parte da ação. Mas já garanto que irá valer a pena esperar. Mesmo porque, preparamos novidades”, ressalta Rivaldo Machado Borges Júnior, presidente da ABCZ.

O vice-presidente da entidade, Fabiano Mendonça, que desde a criação da ‘Black Friday da ABCZ’ coordena a ação sugerida por ele, complementa destacando que entre as novidades está o formato do anúncio das ofertas.

“Normalmente anunciávamos somente na véspera ou mesmo na própria sexta-feira. Para esse ano preparamos algo diferente! É que teremos uma transmissão especial na ABCZ TV, na noite da próxima quinta-feira (25), onde todos esses descontos serão apresentados em primeira mão. Teremos um grande time envolvido nessa programação, para que além do anúncio das ofertas possamos tirar as dúvidas dos telespectadores. Dessa forma, todos os interessados já poderão se programar para aproveitarem as ofertas no dia da nossa Black Friday”, explica.

Fabiano destaca ainda que o ‘ABCZ News – Edição especial ‘Esquenta Black Friday’’ – será transmitido no dia 25/11, ao vivo, a partir das 19h, pela ABCZ. Os interessados poderão acompanhar o programa pelo canal da ABCZ no YouTube, ou pelo site da entidade. Para acessar a ABCZ TV, clique aqui.

ABCZ anuncia ‘Black Friday 2021’

PMGZ e PMGZ Comercial avançam pelo Centro-Oeste

Na rota do melhoramento genético, o PMGZ avança ainda mais pelo centro-oeste brasileiro. Recentemente, o coordenador regional de fomento da ABCZ, Hélcio Rideyuki, e o técnico de campo da ABCZ, Walfredo Brandão, estiveram presentes na Fazenda Conquista, em Três Lagoas, do proprietário Luís Fernando Rossi, para classificar as matrizes comerciais que adentraram ao PMGZ Comercial.

“Ver o nosso programa despontando ainda mais em uma região tão importante para a pecuária nacional, com a adesão de propriedades tão relevantes como a Fazenda Conquista, é mais uma chancela de que estamos desenvolvendo um bom trabalho. Tenho certeza dos bons frutos que iremos colher, e reforço aqui minha satisfação e gratidão com essa parceria”, ressalta Rivaldo Machado Borges Júnior, presidente da ABCZ.

Considerado uma potência em rebanho bovino no Brasil, o Estado do Mato Grosso do Sul, cada vez mais tem colecionado histórias de sucesso com os programas de melhoramento genético das raças zebuínas da ABCZ, o PMGZ e o PMGZ Comercial. A procura pelas ferramentas destinadas também ao rebanho “cara limpa” cresce ano a ano. Como é o caso da Fazenda Conquista.

“Notamos que o critério de seleção na propriedade deixa claro qual intuito do criador. Com animais de muita docilidade e bem caracterizados, tanto no Nelore Padrão, quanto na pelagem de pintado de vermelho, Luís Fernando Rossi, nos mostrou o quanto é eficiente no controle de identificação dos animais e seleção dos mesmos, com exemplares férteis, de boa estrutura e muita funcionalidade. Agora, adentrando ao PMGZ Comercial, o trabalho continuará a todo vapor, pois, já utilizando touros melhoradores no rebanho comercial, o gerenciamento e a produtividade andarão em conjunto para se ter uma boa lucratividade”, destaca Rideyuki.

A expectativa otimista, claro, também é percebida no discurso do criador. “O programa nos proporcionará um melhor controle no que nós queremos de melhoramento genético, tendo o acompanhamento dos animais, classificando-os em PA, B, C, tornando nosso rebanho mais eficiente. Por meio da ABCZ, e com a nossa genética, queremos fazer um dos melhores rebanhos do Brasil”, ressalta Luís Fernando Rossi.

Para o técnico da ABCZ, Walfredo Brandão, que acompanha o trabalho na propriedade, a rotina com o rebanho já indica os bons resultados.

“Ao chegar à propriedade podemos perceber claramente que já existe um critério de seleção, que é o temperamento dos animais, principalmente quando se fala em Nelore. Ao classificar mais de 150 matrizes comerciais, já identificamos mais de 45 animais em registro de PA, tanto no Nelore padrão quanto no pintado de vermelho. E agora, com o PMGZ Comercial da ABCZ, teremos um melhor gerenciamento, fornecendo todo suporte de acompanhamento da eficiência reprodutiva. E vale destacar que a região de Três Lagoas está muito bem representada naquilo que se busca em melhoramento genético, tanto no rebanho PO e quanto no rebanho comercial”, destaca.

Já o gerente de Fomento dos programas de melhoramento genético da ABCZ, Ricardo Abreu, complementa ressaltando a importância da seleção, considerando, inclusive, a região onde está localizada.

“O Estado do Mato Grosso do Sul possui o segundo maior rebanho bovino de corte do país, com mais de 6,8 milhões de fêmeas das raças de corte em idade de reprodução. O uso de tecnologias é essencial para que o criador continue na atividade e tenha mais rentabilidade no seu sistema de cria. Uma das ferramentas primordiais é a Escrituração Zootécnica e a coleta de dados do rebanho, para identificar os animais melhoradores e descartar os que não são. E, para obter isso de uma maneira confiável é o programa PMGZ Comercial, que vem crescendo com robustez no estado”, conclui.

Fonte: ABCZ

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Para especialistas, desempenho exportador das carnes neste início de 2022 é bastante satisfatório, mas o preço da carne suína registra queda anual próxima de 10%
Também nos bovinos, os nutrientes desempenham funções essenciais no organismo; então, atenção para quando ele faltarem na forragem oferecida, Carência muito comum no País
Os dados constam do banco da Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC), entidade mais antiga de registro de animais de raça do país
Segundo RTP, um grupo empresarial chinês prevê que China vai importar mais carne bovina brasileira agora em 2022. Uma boa notícia