O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

“Tereza consciente, exemplo de agronegócio pra toda gente”

“Acompanhei um diálogo da ministra Tereza Cristina com o NFA, Núcleo Feminino do Agronegócio ontem, sob a presidência da Maria Antonieta Guazzelli, líder do NFA e produtora de leite exemplar. A ministra Tereza Cristina colocou em cerca de 30 minutos exemplos extraordinários de consciência sobre o estado atual do agronegócio brasileiro, o seu porvir e as expectativas vitais para perseguirmos cada vez mais dignidade para todos os brasileiros e consumidores mundiais dos nossos produtos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

“Acompanhei um diálogo da ministra Tereza Cristina com o NFA, Núcleo Feminino do Agronegócio ontem, sob a presidência da Maria Antonieta Guazzelli, líder do NFA e produtora de leite exemplar. A ministra Tereza Cristina colocou em cerca de 30 minutos exemplos extraordinários de consciência sobre o estado atual do agronegócio brasileiro, o seu porvir e as expectativas vitais para perseguirmos cada vez mais dignidade para todos os brasileiros e consumidores mundiais dos nossos produtos.

A ministra falou da importância de agregar valor, por exemplo por que não vender mais farelo de soja para o mundo? Abrimos já cerca de 60 novos mercados. São oportunidades ótimas também para o desenvolvimento agroindustrial. E não esquecendo do futuro dos bioinsumos produzidos no próprio país.

A ministra falou enfaticamente dos novos consumidores planetários, muito mais conscientes. Que maravilha, trata consumidores com respeito. A ministra reforçou imensamente a importância da comunicação. Temos o melhor agronegócio em termos de sustentabilidade e sanidade, mas não transformamos isso em percepção.

A respeito disso recebi de Marcelo Duarte, o novo dirigente do agronegócio brasileiro na Ásia, pela Abrapa – Associação Brasileira dos Produtores de Algodão, exatamente essa constatação. Temos o melhor algodão do mundo, porém quando os stakeholders do negócio do algodão no mundo são questionados das suas preferências, os Estados Unidos ganham de 4 a 1 nesse jogo das mentes humanas e suas percepções. Norte-americanos mais de 80% de percepção superior em preferênci , o Brasil na casa dos 20%.

A ministra Tereza Cristina tem consciência do novo mundo, de que ficamos grandes e competitivos e de que precisamos equilibrar a nossa competência como produtores, com a competência de marketing e de comunicação.” Por @joseluiztejon