O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

Preço do diesel aumenta 16,80% no primeiro trimestre do ano

Valor médio do litro do combustível em março foi 9,39% maior que em fevereiro
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

É de conhecimento comum a influência que os preços de combustíveis têm sobre os valores dos transportes no mundo agro. Diante disso, as últimas pesquisas vêm trazendo dados preocupantes. O mais recente levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL) registrou novo aumento no preço médio do diesel no País. Na comparação com o mês anterior, o valor médio por litro do diesel aumentou 9,39% e foi encontrado a R$ 4,487. Ao considerar o primeiro trimestre de 2021, o preço aumentou 16,80%.

“Trata-se da quinta alta consecutiva do diesel. Desde outubro, quando o levantamento registrou o último recuo na comparação mensal, o preço médio do combustível avançou 21,82%”, pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil. O diesel S-10, que também registra aumento nos preços desde outubro do ano passado, apresentou valor médio por litro de R$ 4,539 em março, após alta de 8,95% em relação a fevereiro. O combustível avançou 16,44% no trimestre.

Comparativo de regiões

No comparativo entre as regiões, os maiores aumentos de preços em março foram registrados no Centro-Oeste. O diesel comum avançou 9,80% e foi comercializado nos postos da Região a R$ 4,517. Já o diesel S-10 teve alta de 9,24%, e foi encontrado a R$ 4,585.

Os maiores preços foram encontrados na Região Norte, onde o diesel comum foi comercializado pelo valor médio de R$ 4,745, e tipo S-10, de 4,793. Nos postos da Região, os aumentos foram de 9,58% e 9,01%, respectivamente.

Já o Sul apresentou os combustíveis mais baixos: nos postos sulistas, o tipo comum registrou preço médio de R$ 4,129, após aumento de 9,23%, e diesel S-10, de R$ 4,168, com alta de 8,65% na comparação com fevereiro.

No recorte entre Estados, o Acre teve os combustíveis mais caros em março, e o Paraná apresentou os valores mais baixos. Os maiores aumentos foram registrados em Roraima, de 12,91% para o diesel comum, e 12,29% para o S-10.

Nos postos do Acre, o diesel foi comercializado pelo preço médio de R$ 5,336, e o diesel S-10, de R$ 5,279. Já os valores médios por litro dos combustíveis no Paraná foram registrados a R$ 4,100 (tipo comum), e R$ 4,124 (tipo S-10).

Na Rodovia Presidente Dutra, o diesel e o diesel S-10 mais caros foram encontrados no estado do Rio de Janeiro, pelos preços médios de R$ 4,316 e R$ 4,381, respectivamente. Em São Paulo, os valores registrados foram de R$ 4,212 (comum) e R$ 4,264 (S-10).

Os postos paulistas também apresentaram os combustíveis mais baratos ao longo da Rodovia Fernão Dias. O diesel comum foi encontrado a R$ 4,145, e o S-10, a R$ 4,202. No mesmo período, os preços médios em Minas Gerais foram de R$ 4,335 e R$ 4,395, respectivamente.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo.

 Fonte: RPMA Comunicação

Ouça o artigo
Ouça
o artigo