Personalidade de destaque no Agro do Brasil

De acordo com a Forbes, Teka Vendramini é uma das 20 Mulheres de Sucesso do Brasil em 2021
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Teka Vendramini – Presidente SRB
Áudio

Todos os anos, a revista Forbes dedica uma matéria àqueles que se destacam em suas atividades profissionais. Agora, em março, a publicação citou a representante ruralista Teka Vendramini, que tem uma participação fundamental no desenvolvimento da atuação feminina no Agronegócio brasileiro, como uma das personalidades mais expressivas dentre as 20 mulheres de sucesso no país.

Presidente da Sociedade Rural Brasileira desde o ano passado, a criadora foi lembrada por seu trabalho no Agronegócio e, em especial, por sua atuação em assentamentos e regularização fundiária pelo país, mesmo durante a pandemia.

Teka também foi notícia em novembro de 2020, na Revista Poder Online, com o tema “Quero falar com o Agro que não é Pop”. Ali, ela foi enfocada como a primeira mulher a comandar a tradicional Sociedade Rural Brasileira, entidade fundada por barões do café há 101 anos. “Sua posse reflete a crescente liderança feminina no agronegócio, setor que vem respondendo à crise da Covid-19 com aumento de produtividade e safras recordes”, dizia a publicação.

E, em live promovida pela Forbes Brasil (23/03), a pecuarista comandou uma discussão a respeito de Direitos das Mulheres, Negócios e Sustentabilidade no setor; ao lado da antropóloga e educadora indígena, Sandra Benites, outro nome da lista de 2021. Na conversa, acompanhada por centenas de pessoas, elas falaram sobre a importância do diálogo e do fortalecimento da rede de informações entre setores diferentes; e, muitas vezes, conflitantes da economia; com enfoque central no papel da mulher nessa nova organização.

Por causa do seu trabalho de incentivo e busca por igualdade de direitos no setor, ela também foi uma das idealizadoras do programa ABCZ Mulher, da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu. Para a presidente do ABCZ Mulher, Rosália Machado Borges, a criadora já marcou a história da pecuária moderna nacional. “Todas as nossas associadas, mulheres e filhas, conhecem o nome dela e já foram, de alguma forma, impactadas pela sua atuação, empreendedorismo e liderança”, ressalta. “Desde o primeiro encontro do ABCZ Mulher, em 2018, nós temos o privilégio de contar com sua experiência e fomento no desenvolvimento das nossas atividades”, conclui.

De acordo com a Forbes Brasil, a escolha considerou que a “equidade de gênero na sociedade e no mercado de trabalho é um caminho sem volta. A diversidade nas empresas provou ser um poderoso fator de eficiência, inovação, criatividade, produtividade, harmonia e qualidade em todas as suas dimensões”. A lista desse ano traz ainda nomes como o da pesquisadora da Fiocruz, Margareth Dalcolmo, e da filósofa e escritora, Djamila Ribeiro.

Fonte: ABZC – Associação Brasileira dos Criadores de Zebu

Relacionadas

Veja também

Linhas de financiamento para investimento foram as mais procuradas no período com alta de 50%, em comparação com o plano safra anterior.
O programa tem como premissa um modelo de exploração sustentável, com respeito ao solo
Medida foi aprovada pelo Conselho Monetário Nacional e é importante para financiar projetos do agronegócio
Esse prêmio é um dos mais prestigiosos do mundo para o assunto de proteção de cultivos, das safras e também de agricultura digital