O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

Melancia: Oferta nacional consistente

Oferta se mantém firme em virtude do início da safrinha paulista, com tendência de aumento no volume a partir do fim do mês, quando mais lavouras de SP começam a ser colhidas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

Mesmo com o recuo de preços no atacado na semana passada, os valores da melancia continuam elevados, mantendo as máximas de até R$ 2,00/kg. Do dia 1º ao dia 5 de março, a graúda estava (>12 kg) à média de R$ 1,64/kg na Ceagesp, (-3,4%) frente à semana anterior.

Na região de Bagé (RS), apesar de o volume estar diminuindo (em virtude da proximidade do término da safra), os altos valores de frete ditam a redução de 7,4% nas cotações da semana para se manterem competitivas, com a fruta sendo comercializada a R$ 0,70/kg. Já em Teixeira de Freitas (BA), o pico de safra não teve influência negativa nas cotações: a média de comercialização foi de R$ 0,68/kg, leve alta de 1,8% frente à semana passada.

Vale ressaltar que, mesmo com a diminuição no volume de frutas do RS, a oferta nacional deve se manter consistente nas próximas semanas, em virtude do início da safrinha paulista, com tendência de aumento no volume a partir do fim do mês, quando mais lavouras de SP começam a ser colhidas, e há intensificação dos carregamentos em Uruana (GO).

Curiosidades da fruta

Cientificamente, a melancia ultrapassa e muito a cota de benefícios. Além de sabor e hidratação, com apenas 46 calorias por xícara, a melancia é rica em vitamina C, vitamina A, licopeno, entre outros compostos que proporcionam benefícios como prevenção de câncer, estresse oxidativo, inflamação.

A melancia é o fruto que cresce na planta pertencente à espécie Citrullus lanatus, originária da África, sendo cultivada há mais de 5 mil anos. Em 1991, a produção de melancia no Brasil foi estimada pelo IBGE em 144 mil toneladas, estando concentrada nos estados de Goiás, Bahia, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Sendo uma fruta que nasce principalmente nos meses de novembro, dezembro e janeiro, ela é a queridinha do verão.

Melancia – preços coletados semanalmente pelo Hortifruti/Cepea – Esalq/USP

Fonte: Hortifruti/Cepea/hfbrasil.org.br