O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

História de Maria Antonieta Guazzelli – Presidente NFA

Maria Antonieta Guazzelli, começou a trabalhar na Fazenda Palmito em 2002.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

Maria Antonieta Guazzelli, começou a trabalhar na Fazenda Palmito em 2002. Se cercou de bons profissionais e de funcionários, que para ela, sempre foram fontes importantíssimas de conhecimento, com isso, e com uma boa gestão, a produção de leite saltou de 2,3 mil litros por dia em 2002 para 27 mil atualmente. Herdou muito mais do que os bens materiais. Carrega dentro dela os ensinamentos mais profundos sobre não desperdício, importância de preservação da mata, otimização dos processos, cuidados com o próximo e o futuro do planeta.
Contar com forte suporte tecnológico é, no seu entender, fundamental nesse processo. Um bom exemplo é o investimento realizado em equipamento voltado à ordenha mecânica. Como em um carrossel, as vacas ficam em cima de um sistema rotatório para a ordenha.
Liderando também o NFA – Núcleo Feminino do Agronegócio, como presidente, hoje com 31 integrantes, o NFA discute em seus encontros a importância dos assuntos relacionados à gestão tributária, ambiental e de sustentabilidade, comunicação com consumidores finais, além do desenvolvimento pessoal das integrantes
O NFA conquistou respeito e credibilidade pelo trabalho sério e profissional desempenhado pelas suas associadas. O Núcleo tem desempenhado uma função agregadora de talentos, trazendo oportunidades de trocas de experiências, aprendizado e conexão das executivas do grupo para um objetivo comum; divulgar e fortalecer o agronegócio!