O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

Agrishow cancela feira pelo 2º ano consecutivo por conta da pandemia de Covid-19

Ribeirão Preto- SP: O comunicado foi feito a expositores após pesquisa revelar insegurança para realização do evento em junho deste ano - Nova data está prevista para abril de 2022
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

O comunicado do novo cancelamento foi feito na quarta-feira (05/05) por meio de uma nota enviada aos expositoresA feira, considerada a maior de tecnologia para o agronegócio do país, tem previsão de acontecer entre os dias 25 e 29 de abril de 2022. 

Uma pesquisa feita com os expositores revelou que a maioria não acredita na possibilidade da realização do evento, marcado para ocorrer entre 21 e 25 de junho, devido às barreiras sanitárias entre países e o cenário incerto da pandemia. 

“De fato, a situação da saúde pública no Brasil ainda é considerada grave e não nos permite uma visibilidade de qual será o seu patamar em junho e as consequentes restrições pelos órgãos governamentais”, diz a nota. 

Assim, as realizadoras do evento – Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Faesp – Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo e SRB – Sociedade Rural Brasileira -, juntamente com a Informa Markets, organizadora da Agrishow, decidiram transferir a data da feira para abril de 2022. 

“Contudo, está sendo programada a Jornada Agrishow, uma sequência de ações que oferecerá conteúdo digital especializado durante este ano”, garante a Informa Markets. 

Alterações e adiamentos Agrishow

Ano passado, a feira ocorreria entre os dias 27 de abril e 1º de maio e foi remarcada para 26 e 30 de abril de 2021. Posteriormente, a organização anunciou a nova data para junho deste ano. 

Em 2019, a Agrishow, que recebeu cerca de 800 expositores e 159 mil visitantes de diversos países, movimentou R$ 2,9 bilhões em negócios e superou em 6,4% o volume registrado em 2018. O setor de irrigação foi o que apresentou maior crescimento nas vendas, com uma alta de 35%. Máquinas para grãos tiveram elevação em 5% e agropecuária, 4%. O segmento de armazenagem, por sua vez, teve baixa de 13%. 

Fonte: Informa Markets e G1 
Crédito da foto: Assessoria de Imprensa/Agrishow

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil