O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

Startups e AgTechs

Responsáveis pelo novo mercado de digitalização do agronegócio antes da porteira
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

Os mais usados acessos da comunicação atualmente, de fato, facilitam muito a vida de todos em relação à velocidade de informação. É um movimento frenético que não para nunca, e com isso vão chegando as inovações de todos os tipos, como uma nova forma de fazer negócios no campo, por meio de uma plataforma de relacionamento.

A digitalização do agronegócio antes da porteira é um novo mercado que a cada dia ganha mais força no setor. Os principais protagonistas dessa mudança são as startups e AgTechs carregadas de tecnologias, que estão fazendo uma grande revolução no campo. Uma dessas jovens e competentes empresas que despontou nesse mercado é a mineira Seedz, que desenvolveu um software de fidelidade que valoriza o relacionamento entre agricultores e pecuaristas de todo o Brasil com companhias agro e de outros diversos setores.

Sua tecnologia busca valorizar, promover a integração e gerar diversos benefícios a toda cadeia produtiva. E, os números da empresa comprovam o quão aquecido e promissor este mercado é no Brasil. De 2018 até 2020, por exemplo, o avanço da startup foi superior a 600%, e para 2021 a ideia, com base na projeção e nos contratos, é de crescer pelo menos três vezes em relação a 2020.

Segundo Matheus Ganem, CEO da Seedz, a proposta tem sido criar uma nova abordagem na forma com que as empresas do agro fazem negócios, acessam o mercado e implantam tecnologia no relacionamento com o produtor. “Conseguimos crescer mesmo em um ambiente como o da pandemia, pois acreditamos que assim são as inovações. Elas têm a capacidade de criar alternativas mesmo em momentos adversos. Como temos muitos lançamentos com grandes parceiros, o crescimento acompanha a adoção da nossa tecnologia”, destaca.

Crescimento estruturado e metas definidas

Para estar pronta para a crescente demanda que está por vir, a startup está reestruturando algumas áreas importantes de seu processo, como é o caso departamento de marketing. Para isso, contratou um experiente profissional, com quase 10 anos de experiência no setor e experiência do cliente voltados para o agronegócio. O mais novo head de marketing é Jairo Candian, que chega com a missão de planejar e comunicar melhor aos clientes e parceiros, além de dar suporte a outras áreas.

Para este ano, a empresa já estabeleceu as metas mais importantes. Entre os objetivos macros, destaque para a ampliação do seu programa de fidelidade, atingindo mais produtores para que eles ampliem o relacionamento dentro da plataforma, e com isso, poderão gerar maior valor para as empresas parceiras.

Outro importante objetivo é engajar a força de vendas das empresas do agro, consolidando o outro produto da startup, o Seedz Force. O endomarketing também é um dos desafios para encontrar e formar talentos. “Nós estamos crescendo e com isso vem mais responsabilidade. Esperamos melhorar a cada dia experiência das centenas de empresas e milhares de profissionais que têm contato com nossa plataforma. Iremos lançar novos parceiros que gerem mais benefícios para o produtor rural e seu ecossistema”, finaliza Ganem.

Sobre a empresa – A Seedz é uma startup de tecnologia, sediada e Belo Horizonte (MG) e  focada na melhoria da experiência entre empresas do agro, seus canais e os produtores rurais acelerando suas jornadas de transformação digital e integração.

Fonte: Ruralpress