O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

Ministra da Agricultura acredita na previsão de uma safra recorde este ano

As chuvas preocuparam produtores e autoridades, mas não chegarão a atrapalhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

As recentes chuvas que castigaram os estados de Goiás, Mato Grosso e Paraná tornaram-se foco de atenção e preocupação dos produtores das regiões e das autoridades competentes. Como resposta a essas preocupações, a Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, falou sobre o assunto. “Tivemos, sim, alguns problemas neste início de colheita, mas não acredito que irão interferir nem atrapalhar nossa previsão de uma safra recorde neste ano”.

A previsão de safra de soja deste ano é de 133,8 milhões de toneladas. Empresas de consultoria estimam perda de até dois milhões de toneladas devido às chuvas, ao ataque de pragas e atraso na colheita, o que deve refletir no plantio e colheita de milho. “Essa é uma das preocupações com o atraso do plantio do milho ‘safrinha’ deste ano”, disse a ministra. Tereza Cristina ainda comentou que o cenário interno é favorável ao agronegócio, na sequência do bom comportamento do mercado exterior.

Ao comentar sobre a alta dos preços dos combustíveis, que afeta diretamente o valor do transporte de produtos agrícolas, a Ministra afirmou que se trata do reflexo da valorização do petróleo em nível mundial. “O petróleo é uma commoditie como qualquer outra, como a soja, por exemplo, que tem preços regulados pelo mercado mundial”, disse.

Tereza Cristina participou como convidada de solenidade de entrega de ônibus escolares, pelo governo federal, ao governo de Mato Grosso do Sul, estado pelo qual é deputada federal.  

Fonte: SBA (Sistema Brasileiro do Agronegócio)