O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

Mercado argentino: articulações da ABRA garantem conquistas para exportações do setor de reciclagem animal brasileiro

A ABRA alcançou mais uma abertura de mercado na Argentina: agora, através do novo CSI para exportação de produtos não-comestíveis de origem animal
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

Mais uma vez, a forte atuação da Associação Brasileira de Reciclagem Animal – ABRA – rendeu a expansão e consolidação de mercados internacionais. Após semanas de agenda cheia, três anúncios relacionados a Certificados Sanitários Internacionais (CSIs) de exportação de produtos para a Argentina coroaram o trabalho intenso deste mês.

Além da atualização bem-sucedida dos CSIs de farinhas de origem animal (exceto ruminantes) e de óleo de aves, ambos destinados à alimentação animal, o trabalho da equipe ABRA alcançou mais uma abertura de mercado na Argentina: agora, através do novo CSI para exportação de produtos não-comestíveis de origem animal, contendo produtos de bovinos, destinados à alimentação animal.

Exportações do setor de Reciclagem Animal

Ainda em fevereiro, mesmo antes do anúncio da queda de barreiras entre Brasil e Argentina, a ABRA já vinha estreitando o diálogo entre os países, em reuniões bilaterais interministeriais.

Conquistas que prometem impulsionar as exportações do setor de reciclagem animal brasileiro para a Argentina – todas são fruto de articulações com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Ministério das Relações Exteriores (MRE), entidades, embaixadas e governos, além da sólida representação da Adidância Agrícola do MAPA no país.

Fonte: Assessoria de Comunicação ABRA