Tomate com colheita intensificada e queda de preços no atacado

Mais lavouras estão começando a ser colhidas, elevando a disponibilidade do fruto
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Tomate com colheita intensificada e queda de preços no atacado
Áudio

Enquanto a colheita se intensifica, os preços do tomate caem com força no atacado.  De acordo com análise do Cepea, os preços do tipo salada longa vida 3A recuaram nos últimos dias, refletindo a maior entrada do fruto no atacado. Isso porque as temperaturas um pouco mais altas na última semana favoreceram a maturação dos tomates, principalmente nas plantas que estavam com o ciclo atrasado. 

Além disso, segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, mais lavouras estão começando a ser colhidas, elevando a disponibilidade do fruto. O feriado de Corpus Christi, no dia 03/06, também limitou a demanda, pressionando os valores.  

Recuos nos preços do tomate 

Assim, entre 31 de maio e 4 de junho, o preço médio do tomate salada longa vida 3A foi de R$ 40,21 na Ceagesp, 34,4% menor que o da semana anterior. 

Em Campinas (SP), a média foi de R$ 50,33, 27,4% mais baixa. No Rio de Janeiro (RJ), a desvalorização foi de 19,48%, para R$ 46,87, em média, na última semana.  

E em Belo Horizonte (MG), o preço médio fechou a R$ 37,00, recuo de 21,51%, na mesma comparação.  

Fonte: Cepea/Esalq/Usp 
Crédito da foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal MAB

Relacionadas

Veja também

Conab capacita técnicos da Embrapa em ferramenta de pesquisa do mercado hortigranjeiro
Produtores de morango adotam sistema de “colha e pague” na Região Metropolitana de Belo Horizonte
R$ 34 milhões vão ser aplicados em capacitação e distribuição de novos equipamentos
O tomate é uma das hortaliças mais difíceis de produzir no sistema orgânico, por isso foi o tema de uma capacitação sobre cultivo sustentável de hortaliças realizada pela Epagri em Curitibanos.