O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

Temperaturas amenas e avanço de chuvas em todo país

As previsões do tempo para quarta-feira indicam precipitações espalhadas na altura da região Sudeste
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Temperaturas amenas e avanço de chuvas em todo país
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

Ao longo da semana, de acordo com a Somar Meteorologia, pode haver chuva mais espalhada pelo Sul, Sudeste e Centro-Oeste, embora o acumulado em alguns estados pouco ajude no desenvolvimento das culturas, como é o caso de Mato Grosso e de Goiás, além do oeste e norte de Minas Gerais. 

Por outro lado, o acumulado será mais elevado no Paraná, sul de Mato Grosso do Sul e centro e sul de São Paulo, com volumes entre 50 e 80 milímetros. “A formação de um vórtice ciclônico de níveis médios vai ser a grande responsável pelas instabilidades”, diz Celso Oliveira, da Somar Meteorologia. 

Para a segunda safra de milho, a chuva chega tarde demais, mas para outras culturas como cana-de-açúcar, laranja, trigo e até mesmo café, a precipitação será bem-vinda, mesmo que isso implique eventual queda de grãos de café ou em uma dormência não tão boa para a próxima florada (café e laranja). 

A preocupação é tamanha com a atual estiagem que corretores e produtores afirmam que o melhor é a ocorrência de chuva durante o inverno para diminuir o déficit hídrico. 

Na região Sudeste, a chuva avança atinge e também o Triângulo Mineiro, Grande Belo Horizonte, norte do Rio de Janeiro, Zona da Mata Mineira e o Espírito Santo. Na maior parte do Estado de São Paulo (incluindo a capital), sul de Minas e metade oeste do Rio de Janeiro, o tempo permanece bem fechado o dia todo, podendo chover a qualquer hora do dia. Nessas mesmas áreas, a sensação de calor diminui.  

Já nas demais áreas do Sudeste, o tempo segue firme e quente. 

No Sul do país a chuva perde força, mas continua presente em quase toda região, devido às áreas de instabilidade presentes no alto da atmosfera e a um corredor de umidade que sopra desde a região Amazônica. Na faixa leste gaúcha, boa parte de Santa Catarina e do Paraná, o tempo permanece bem fechado, intercalando entre períodos de céu nublado e chuva fraca à moderada. 

Alerta de chuva forte sobre o litoral norte do Rio Grande do Sul e sul de Santa Catarina. Já na Campanha gaúcha, região central e norte gaúcho, oeste catarinense e sudoeste e oeste do PR, a chuva intercala com aberturas de sol. Apenas na fronteira oeste do Rio Grande do Sul o sol volta a predominar o dia todo, sem previsão de chuva. 

As temperaturas seguem amenas no Sul do Brasil. A Marinha do Brasil alerta para ressaca entre Torres (RS) e Florianópolis (SC) até a manhã de quinta-feira, 10, com ondas que podem chegar aos 2,5m de altura. 

No Centro-Oeste, áreas de instabilidade presentes no alto da atmosfera seguem provocando chuva sobre todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde o sol pouco aparece ao longo do dia e há previsão de chuva a qualquer momento. 

Em Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal, o tempo firme segue predominando.

A chuva segue restrita à faixa leste e norte do Nordeste. No entanto, na faixa leste, perde força, enquanto que na região norte do Maranhão ocorre o contrário, com condição para pancadas de intensidade moderada à forte, além de raios. 

O interior nordestino segue com tempo seco. 

A área de chuva continua praticamente a mesma no Norte do país. O que muda é que a chuva ganha peso e intensidade no Amapá, nordeste do Pará e norte do Amazonas, mesmas áreas que, junto com Roraima, o tempo fica bem fechado o dia inteiro, podendo chover a qualquer momento. 

O tempo firme volta a predominar sobre Rio Branco (AC), e Porto Velho (RO), persistindo também sobre o Tocantins e sul do Pará. 

Fonte: Somar Meteorologia 
Crédito da foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal MAB