Search
Close this search box.

3 startups premiadas mostram como IA impacta os setores do Agro, Mobilidade e Energia

23 de outubro de 2023

As startups SciCrop, a Able-On e a Fu2re - que usam IA e Analytics para criar soluções de impacto - foram premiadas como TOP 10 no Ranking 100 Open Startups 2023
Compartilhe no WhatsApp
3 startups premiadas mostram como IA impacta os setores do Agro, Mobilidade e Energia

A pergunta que mais se faz em qualquer área de negócios desde a explosão da Inteligência Artificial no mercado é, como é que a IA vai impactar o meu segmento? E embora a IA Generativa tenha decolado nestes tempos apenas, o trabalho com Inteligência Artificial para facilitar a vida de mercados já vem sendo feito há um bom tempo por startups brasileiras. São as chamadas Deeptechs, ou seja, aquelas startups que desenvolvem soluções utilizando tecnologias mais complexas como a IA e Analytics ou a resolução de problemas de alto impacto.

Conheça de perto as soluções destas 3 das startups

São elas respectivamente: a SciCrop, a Able-On e a Fu2re, as três acabam de receber suas premiações como TOP 10 em seus respectivos nichos, de acordo com o Ranking 100 Open Startups 2023.

Grupo Sai do Papel, que foi escolhido como TOP 1 Ecossistema no Rio de Janeiro no Ranking da 100 Open Startups anunciado ontem (18), enfatiza que Inteligência Artificial é necessária para a sustentabilidade. “Não podemos mais continuar desperdiçando recursos e nem impactando negativamente o ambiente.

As startups que usam Inteligência Artificial estão ajudando a reduzir desperdícios e a criar empresas mais sustentáveis e mais humanas. Ao contrário do que as pessoas pensam, é preciso muita inteligência humana para criar uma startup de IA”, comenta Carlos Júnior, CEO e fundador do Grupo Sai do Papel.

SciCrop torna o Agronegócio mais Inteligente e mais sustentável

A Agtech SciCrop, criada em 2015 por José Damico e Renato Ferraz, conquistou o 4° lugar entre as TOP 10 AgriTechs  e entre as TOP 100 do Ranking geral na premiação da 100 Open Startups e consolida sua liderança em soluções de inteligência artificial para o Agronegócio.

O que ela faz? Usa IA com Analytics para cruzar dados de satélites com informações dos próprios clientes, integrando diferentes sistemas para analisar variáveis sobre o clima, solo, água e outras condições. Graças à sua metodologia própria para implementação da jornada de dados, que entre outros, utiliza modelos matemáticos e auxilia criando soluções de inteligência para toda a cadeia produtiva do setor agrícola, incluindo previsões assertivas sobre próximas safras, otimização de custos, redução de danos ambientais, boas práticas ESG, maior lucratividade, entre outros benefícios.

E a SciCrop está construindo um Mapa de ESG para impulsionar a descarbonização e prepara-se para lançar um Nanossatélite próprio com o objetivo de coletar dados mais específicos do Brasil.

De acordo com  José Damico,  CEO da SciCrop,  “combinar Inteligência Artificial, e Analytics de forma customizada a operação de cada cliente possibilita criar algoritmos para previsões acertadas, além de monitorar e cruzar dados de satélites com informações sobre condições climáticas capazes de gerar insights e análises inteligentes para todo o setor primário”. 

Able-On usa AI para prever comportamento e problemas de mobilidade 

Able-On é uma startup de inteligência para mobilidade que utiliza Inteligência Artificial (IA),  conectividade, Internet das Coisas (IoT) e Analytics para automatizar processos, gerar insights e tornar mais eficiente o uso de frotas e ativos de valor. A empresa foi TOP 10 entre Autotechs pelo segundo ano consecutivo no Ranking 100 Open Startups 2023

Fundada por Normano Ribeiro e Leonardo Pontes, a Able-On oferta uma solução para inteligir atividades na mobilidade, oferecendo elevado nível de adaptabilidade operacional à particularidade do negócio do cliente. A partir de análises complexas sobre comportamento do condutor é possível inferir em todos aspectos da gestão de uma frota (como atividade fim ou atividade meio), não se limitando ao ativo, por exemplo. 

“Na prática a IA da Able-On permite fazer a análise de padrões comportamentais de motorista com foco em redução de combustível, prevenção de acidentes, manutenção preditiva e preventiva, análise de depreciação do bem e formas de reduzir a pegada de carbono para o ambiente. Além disso, faz a análise preditiva de risco, com foco em redução de apropriação indébita de veículos. Utiliza Analytics e IA  para enxergar além e responder todas as perguntas que o operador de frotas pode fazer aos seus dados”, explica o CEO Normano Ribeiro. 

Fu2re melhora a eficiência e reduz custos de operação e manutenção de Energia e Oil & Gas

A Fu2re é uma startup que utiliza Inteligência Artificial para oferecer soluções no segmento de Utilities, Oil & Gas dentre outros mercados, avançou este ano e subiu da 8a para 2a posição na categoria Inteligência Artificial no Ranking da 100 Open Startups de 2023, uma das categorias mais disputadas. Além disso, está entre entre as 100 melhores no ranking geral considerando todas as categorias que abrange mais de 32.000 startups.

Ela aplica IA em dispositivos com o objetivo de criar “smart solutions” para o setor de Energia e gerar mais eficiência, produtividade e redução de custos para seus clientes. Além disso, aumenta a possibilidade de evitar fraudes e tornar mais seguro o negócio.
Fundada por Andre Sih, Rodrigo Ferreira e Thiago Cazes, a Fu2re é uma das startups que pertence ao Energy Hub do Grupo Sai do Papel, o principal hub de startups de energia do Brasil, com 150 startups conectadas.  “Nossas soluções de IA são utilizadas pelas maiores empresas de Energia e Óleo & Gás do Brasil e do mundo, tais como a Petrobras, Supergasbras, Enel, Light, Neonergia, EDP, Equatorial dentre outras.

Estas soluções viabilizam mais eficiência, produtividade e redução de custos de suas operações, possibilitando atingirem melhores resultados”, conta Andre Sih, Sócio-Diretor da Fu2re. “Por exemplo, usamos IA para leitura e auto leitura automática de medidores de energia, detecção automática, gestão de ativos e gestão de Iluminação Pública por imagens, para identificação de fraudes e otimização de inspeções por IA em redes de distribuição de energia. Nosso grande diferencial é o SmartVision AI,  software escalável e de fácil uso para treinar e aplicar modelos de aprendizado de máquina (IA) “, afirma Sih.

Por ASCOM

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

O estudo indicou que a conectividade no agro, que antes era uma novidade, agora se tornou uma tendência emergente.
Agrônomo diz que é necessário ação humana eficaz para que os resultados sejam satisfatórios.
Para um mercado desse tamanho ainda temos muito espaço para o desenvolvimento de soluções que façam sentido à realidade brasileira.