Search
Close this search box.

Secretaria de Agricultura de SP estuda projeto para incentivar plantio do lúpulo no Estado

4 de abril de 2024

Produção paulista tem como principais objetivos: reduzir a dependência externa e integrar o pequeno produtor à indústria por meio de apoio técnico
Compartilhe no WhatsApp
Secretaria de Agricultura de SP estuda projeto para incentivar plantio do lúpulo

Uma planta pouco comum no Brasil pode ser desenvolvida em projeto pioneiro da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo em parceria com um grande grupo cervejeiro. Na terça-feira (03/04), o secretário Guilherme Piai recebeu representantes do Grupo Petrópolis, para debater a criação de um projeto de inovação e tecnologia com foco no desenvolvimento do lúpulo no Estado.

Hoje, São Paulo, apesar de liderar o maior número de cervejarias registradas no País, com 387 estabelecimentos, mais de 90% do lúpulo usado como matéria-prima da cerveja é importado dos Estados Unidos e da Alemanha, países que lideram o cultivo da planta, de acordo com o Anuário da Cerveja do Ministério da Agricultura e Pecuária.

O baixo plantio do lúpulo no Brasil se deve às condições climáticas, que carece de frio, altitude e incidência de luz.

O país possui apenas 14 horas de luz ao dia, diferentemente do hemisfério norte, onde a produção da cultura é mais forte.

O objetivo da Secretaria de Agricultura é criar o maior ecossistema de pesquisa, desenvolvimento e transferência de conhecimento e tecnologia para o cultivo do lúpulo no Estado de São Paulo. “Queremos incentivar o pequeno produtor a explorar a planta em um campo experimental dentro do Estado, oferecendo capacitação e demanda para comercialização”, ressalta Guilherme Piai.

Por Ascom Secretaria de Agricultura de SP

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Dados mostram que serão produzidos 193,15 mil litros, abaixo do recorde de 580,22 mil litros do período anterior
Safra total de milho foi estimada em 114,14 milhões de toneladas, um acréscimo de 2,5 milhões de toneladas em relação ao previsto no mês passado; área plantada deve crescer 1% e produtividade deve avançar 1,2%
Essa parceria confirma a missão do AgroApp que é levar informações de qualidade para o produtor rural e profissional do campo.
Na comparação com a média diária de junho de 2023, há queda de 16,6% no valor obtido diariamente pelas exportações de açúcar em junho de 2024.