Search
Close this search box.

São Pedro vai receber exposição da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador

3 de fevereiro de 2024

O evento, que deve atrair 10 mil pessoas e tem abrangência nacional, vai acontecer no Haras NSG de 19 a 23 de março e terá apoio da Prefeitura de São Pedro.
Compartilhe no WhatsApp
São Pedro vai receber exposição da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador

A ABCCMM é uma entidade civil sem fins lucrativos e credenciada pelo MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, para fazer o registro genealógico oficial dos animais da raça Mangalarga Marchador.

Um dos maiores eventos do calendário da raça, esta edição da Exposição será realizada em parceria com o Núcleo Bandeirantes, uma espécie de regional da Associação. Representantes do núcleo reuniram-se com o prefeito Thiago Silva e com o secretário de Turismo, Ronaldo Gasparelo, para falar sobre o evento.

“Será uma grande exposição, com entrada gratuita ao público e São Pedro foi escolhida entre várias cidades do Brasil”, pontuou o prefeito Thiago Silva.

Antonio Galvão Júnior, presidente do Núcleo Bandeirantes, conta que pesaram na decisão itens como a infraestrutura da cidade e do haras que vai sediar o evento.

A expectativa dos organizadores é que aproximadamente 400 expositores participem do evento.

Também estiveram na reunião outros integrantes do Núcleo Bandeirantes: Raul Bueno Ferreira, diretor financeiro; Gabriel Kohn, gerente executivo; o médico veterinário Dener Camilo, Guilherme Lages, do Departamento de Comunicação e Marketing da ABCCMM e Peterson Silva, do Haras NSG.

A Exposição do Criador é considerado o momento oportuno para que os criadores avaliem o trabalho desenvolvido por eles em seus criatórios, pois o principal critério para participação é que o animal inscrito seja de criação do próprio expositor.

A raça Mangalarga Marchador é tipicamente brasileira e surgiu há aproximadamente 200 anos na Comarca do Rio das Mortes, no Sul de Minas Gerais, por meio do cruzamento de cavalos da raça Alter, trazidos da Coudelaria de Alter do Chão, em Portugal, com outros cavalos selecionados pelos criadores daquela região mineira.

Por: O Regional

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Cooperação técnica entre o Governo do Maranhão e a Conafer vai garantir o melhoramento genético e aumento da produção dos rebanhos do estado
Mapa planeja apresentar um estudo à Organização Mundial de Saúde Animal para reconhecimento internacional dos estados envolvidos como zona livre de febre aftosa sem vacinação
Além das ensacadoras, o governo também entregou um silo à Prefeitura de Nova Venécia.
A produção brasileira de sêmen bovino (raças de corte e de leite) em 2023 foi de 19,431 milhões de doses, recuo de 22% ante os 24,757 milhões de doses do ano de 2022.