Search
Close this search box.

São Paulo lidera avanços em proteção animal e inovação na pecuária

24 de fevereiro de 2024

Reunião dos Presidentes das Câmaras Setoriais do SAA destaca progressos e pioneirismos, com ênfase na atuação da Associação Grupo Pecuária Brasil e anúncio de novidades pelo Secretário de Agricultura do Estado.
Compartilhe no WhatsApp
São Paulo lidera avanços em proteção animal
Diretoria da Asssociação GPB com Secretário da Agricultura de São Paulo, Guilherme Piai (foto:divulgação)

Na reunião dos Presidentes das Câmaras Setoriais do SAA realizada ontem, a Presidente da Câmara Setorial de Pecuária e Diretora da Associação GPB, Chris Morais, marcou presença ao lado do Presidente da mesma associação, Oswaldo Furlan, e de Vitor Nicolielo, também diretor da GPB. Durante o encontro, o Secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, Guilherme Piai, anunciou que São Paulo está à frente no protocolo de bem-estar animal, abolição da marcação de bezerras de 0 a 9 meses para brucelose, refletindo o compromisso do estado com a proteção animal e a modernização do setor pecuário.


Guilherme Piai, Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, aproveitou a reunião para convidar a diretoria e os associados do GPB para o evento “Uma Nova Marca para o Agro de São Paulo”, agendado para o dia 28 de fevereiro, às 16h, no Salão Nobre da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.


A pecuarista Erika Bannwart, de Pirajuí SP, presidente do núcleo feminino do GPB Rosa, será a primeira pecuarista do Brasil a ter sua propriedade certificada com a retirada da marca de brucelose do rosto das bezerras de 0 a 9 meses. A Associação GPB destaca-se no programa estadual de bem-estar animal, deixando sua marca na história da pecuária nacional.
Com a confirmação da presença da Associação GPB, fica evidente que a pecuária do Estado de São Paulo continua na vanguarda.

De Associação GPB

Por Agência Agrovenki

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Valor é 4,4% maior que os US$ 35,85 bilhões em exportações registrados no primeiro trimestre do ano passado
Impulsionadas pela soja em grão, pelo açúcar bruto e açúcar refinado, as exportações do Paraná cresceram 4,7% em valor no primeiro trimestre do ano em relação a igual período do ano passado, informou em nota a Agência Estadual de Notícias.
ABCZ foi escolhida para sediar a segunda edição do COMCEBU; evento é aliado à 89ª ExpoZebu
Nelore e anelorados representam 80% do rebanho bovino nacional. Entidade desenvolve ações de fomento e valorização da raça