Search
Close this search box.

Com RTRS, agro sustentável atinge a marca de 6 milhões de toneladas de soja

12 de maio de 2023

Produção brasileira representa 85% de soja certificada com Padrão RTRS de Produção de Soja Responsável globalmente. Em 2022, a RTRS passou a contar com mais de 200 associados em 32 países
Compartilhe no WhatsApp
Com RTRS, agro sustentável atinge a marca de 6 milhões de toneladas de soja

Em 2022 a RTRS (Round Table on Responsible Soy Association) alcançou uma importante evolução da produção global certificada: foram mais de 6 milhões de toneladas em todo o mundo. O Brasil foi responsável por quase 85% deste montante, em uma área de aproximadamente 1.360 milhões de hectares. A associação fortaleceu a sua base de membros com 22 novos associados e agora passa a contar com mais de 200 organizações distribuídas em 32 países. 

A RTRS também registrou um salto de 184 novos locais certificados, de acordo com o Padrão RTRS de Cadeia de Custódia, distribuídos em vários países do mundo. O número inclui portos, que agora são capazes de receber, processar e comercializar a soja física certificada RTRS. 

Com o número de 653 mil toneladas de milho certificado na Argentina, Brasil e Uruguai, sendo 489.825 toneladas oriundas apenas do Brasil, as primeiras experiências em certificação de milho RTRS confirmam o valor da criação de sinergias e oportunidades com os produtores e demonstram como é possível capitalizar os resultados alcançados por meio da certificação da soja para continuar o processo produtivo sustentável por meio de sua extensão para outras culturas.  

A adoção de material certificado RTRS em 2022 aumentou 7% em relação ao ano anterior, para cerca de 5,3 milhões de toneladas. Deste total, aproximadamente 522,8 mil foram Balance de Massas e 4,7 milhões foram Créditos RTRS em Apoio à Soja Responsável. Soma-se ainda a esses números 69 empresas de 29 países que adotaram pela primeira vez o material certificado RTRS. 

Outra evolução apresentada foi o Novo Sistema de Fatores de Conversão de Milho e o relançamento da Calculadora de Pegada de Soja e Milho, sendo uma ferramenta transparente e pública que possibilita aos atores do setor, organizações e consumidores em geral estimar o volume equivalente de soja ou milho incorporado em distintos produtos tanto de soja como de milho, além de rações para animais e produtos para consumo humano. 

Geração de valor  

Devido à confiabilidade do Padrão RTRS de Produção de Soja Responsável, que brinda uma soja ambientalmente correta, socialmente justa e economicamente viável, os produtores e stakeholders de RTRS têm conseguido agregar valor aos seus produtos.  

Fundada em 2006, a RTRS reúne os principais representantes da cadeia de valor da soja, como produtores, indústria, comércio, finanças e a sociedade civil em torno de um objetivo comum: fomentar a produção, comércio e uso da soja responsável, de maneira que não agrida o meio ambiente e que esteja atenta às questões sociais que circundam a vida no campo.  

O setor tem presenciado o surgimento de uma demanda crescente por qualidade, sustentabilidade e rastreabilidade do produto, o que se soma também à imposição de novas exigências legais, como é o caso da União Europeia, que aprovou recentemente uma regulação que impede a importação de uma série de commodities (entre eles a soja) que sejam provenientes de áreas desmatadas.

Neste contexto, a RTRS é uma plataforma que oferece um holístico e comprovado processo de certificação, em que as partes interessadas o utilizam para contribuir com suas metas e políticas de sustentabilidade ambiental e de direitos humanos. Por meio da promoção e do diálogo, a RTRS tem realizado diversos encontros para a construção de estratégias para enfrentar estes novos desafios impostos ao setor. No último ano, por exemplo, Alemanha, Argentina e Brasil foram os países escolhidos para receberem organizações do mundo todo em espaços de networking dinâmicos, abertos e inclusivos, capazes de criar conexões entre os atores, e trabalhar em entendimentos e acordos em comum. 

Anualmente é realizado o Ponto de Encontro RTRS, evento que tem por objetivo conectar os atores da cadeia de valor da soja para pensar juntos em estratégias para enfrentar os novos desafios impostos ao setor. A edição de 2022 ocorreu em Monheim, na Alemanha, e debateu assuntos como a regulação da União Europeia sobre produtos livres de desmatamento, requisitos e obrigações de diligência prévia (due diligence), pegada ambiental e agricultura regenerativa. 

Para saber mais sobre todas as atividades desenvolvidas pela RTRS no Brasil e no mundo, acesse o relatório de Destaques da RTRS em 2022.  

Sobre a RTRS – Round Table on Responsible Soy Association  

Fundada em 2006, a Round Table on Responsible Soy Association é uma organização global multisetorial pioneira formada pelos principais representantes da cadeia de valor da soja, como produtores, indústria, comércio, finanças e a sociedade civil. Os atores dessas diferentes áreas se reúnem em torno de um objetivo comum, garantindo o diálogo e a tomada de decisão por consenso.

A missão da RTRS é promover o crescimento da produção, o comércio, e o uso da soja responsável através da cooperação com os atores na cadeia de valor da soja e à respeito da produção, ao consumo em um diálogo aberto com os participantes da cadeia de valor da soja, incluindo produtores, fornecedores, fabricantes, varejistas, instituições financeiras, organizações da sociedade civil e outros atores relevantes.

A RTRS também define os padrões para soja responsável e cadeia de custódia. Particularmente, o esquema do Padrão RTRS para Produção Responsável de Soja garante que a soja RTRS não apenas atenda aos mais altos critérios ambientais (incluindo uma garantia de desmatamento zero verificado por terceiros e conversão zero), mas também um amplo conjunto de requisitos sociais e trabalhistas. Baseia-se em cinco princípios: Conformidade Legal e Boas Práticas de Negócios; Condições de Trabalho Responsáveis; Relações Responsáveis com a Comunidade; Responsabilidade Ambiental e Boas Práticas Agrícolas.

É hoje o sistema mais confiável e avançado do mercado de soja brasileiro para alcançar a sustentabilidade. Atualmente, a RTRS conta com mais de 200 membros dos países do mundo inteiro. Os princípios e critérios são considerados um padrão multipartes que garante o Desmatamento Zero na produção de soja responsável: www.responsiblesoy.org/pt.    

Por: Edelman Brasil – R

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Colmeias podem fornecer uma colheita de aproximadamente 50 kg de mel em dois meses durante a floração de soja. Fora das lavouras, colheita de mel é estimada em 19 kg por ano.
Dados mostram que serão produzidos 193,15 mil litros, abaixo do recorde de 580,22 mil litros do período anterior
Safra total de milho foi estimada em 114,14 milhões de toneladas, um acréscimo de 2,5 milhões de toneladas em relação ao previsto no mês passado; área plantada deve crescer 1% e produtividade deve avançar 1,2%
Essa parceria confirma a missão do AgroApp que é levar informações de qualidade para o produtor rural e profissional do campo.