Rhoelandt 372 LEDA Doc Stormatic alcançou pico de 190.107,92 kg de leite

Vaca fantástica do Paraná alcançou esta expressiva produção vitalícia acumulada com 10 lactações, em regime de 3 ordenhas diárias
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Rhoelandt 372 LEDA Doc Stormatic alcançou pico de 190.107,92 kg de leite
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

O nome dela é Rhoelandt 372 LEDA Doc Stormatic. Nasceu no dia 5 de janeiro de 2003, na fazenda Rhoelandt (Castro-PR), de propriedade do criador Ronald Rabbers e Henrieta RabbersSegundo o Serviço Controle Leiteiro Oficial da Associação Paranaense, ela alcançou pico de 190.107,92 kg de leite, 6.252,68 kg de gordura e 5.805,04 kg de proteína.  

Esta expressiva marca foi obtida em sua produção vitalícia acumulada com 10 lactações, em regime de 3 ordenhas diárias. O último parto deu-se em setembro de 2020, aos 17 anos de idade, e ela encerrou última lactação no mês de abril de 2021.  

Certificado Oficial de Desempenho-Controle Leiteiro Oficial 
4 certificado oficial desempenho 372 1024x727 1

Além de ser fantástica em Produção e Sólidos, obteve na classificação para tipo (Avaliação Linear de Conformação) 90 pontos, entrando para a classe das vacas Excelentes (EX 90), ou seja, tem excelente sistema mamário, pernas e pés, força leiteira e garupa.  

Segundo Ronald Rabbers: “É uma vaca fantástica que vem de uma família produtiva, sua mãe a vaca Rhoelandt 089 LEDA Victor Doc, produziu em 5 lactações 131.547,67 kg de leite. Ela representa tudo o que buscamos em nossas vacas, ou seja, altas produções, excelente conformação e vida produtiva, e isso tudo sem perder de vista o bem-estar. Essas vacas são as primeiras a chegar na ordenha e coxo. O segredo delas é se alimentar muito bem em grande quantidade”. 

Família Rabbers – Rhoelandt 372 LEDA Doc Stormatic

A história da família Rabbers, na pecuária leiteira, começou quando Lucas Rabbers, juntamente com seus pais, irmãos e esposa, migrou da Holanda para o Brasil, mais especificamente para a Colônia Castrolanda, em Castro-PR, em 1953.  

É considerada uma das mais importantes propriedades que compõem a bacia leiteira da região. Obteve reconhecimento nacional devido à criação de animais com genética impecável e alto nível de produção. Além disto, Ronald coleciona mais de 10 títulos de Criador Supremo Nacional. 

Fontes: Serviço Controle Leiteiro Oficial da Associação Paranaense (APCBRH) e Brasileira (ABCBRH) 
Crédito da foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal MAB

 

Relacionadas

Leia também