Search
Close this search box.

Protocolo reforça papel de Londrina como polo de inovação no agronegócio

20 de setembro de 2023

O protocolo foi assinado durante o 4° Fórum do Agronegócio, evento promovido pela SRP e realizado no Parque Governador Ney Braga. 
Compartilhe no WhatsApp
Protocolo reforça papel de Londrina como polo de inovação no agronegócio

A vocação de Londrina no agronegócio foi reforçada nesta segunda-feira (18) com a renovação do protocolo de intenções que, em 2019, posicionou o município como o primeiro Polo de Inovação Agro do Brasil. 

O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, o governador Ratinho Junior e o presidente da SRP (Sociedade Rural do Paraná), Marcelo El-Kadre, assinaram o documento durante o 4° Fórum do Agronegócio, evento promovido pela SRP e realizado no Parque Governador Ney Braga. 

O projeto iniciado há quatro anos busca estimular a criação de novas tecnologias voltadas ao campo e foi fundamental para o desenvolvimento do ecossistema londrinense. Na avaliação de El-Kadre, o município assumiu um compromisso e conseguiu cumprir com sua obrigação. 

De lá para cá, já foram criados quinze polos de inovação, mas o pioneirismo londrinense merece destaque. “Queremos manter essa bandeira de liderança junto ao país todo”.

O presidente da SRP cita que o produtor brasileiro está preocupado com a preservação ambiental e que investimentos em tecnologias para a redução da área de defensivos agrícolas e criação de bioinsumos, por exemplo, são importantes.

Ratinho Junior fez questão de destacar que o Paraná tem compromisso de produzir um alimento de qualidade e ambientalmente correto. Para o governador, isso tem transformado o estado no “supermercado do mundo”. 

“Nós fomos eleitos por três anos seguidos como o estado mais sustentável do Brasil, a OCDE [Organização para a Cooperação e Desenvolvimento] colocou o estado como referência para o mundo em sustentabilidade, e estamos mostrando que é possível produzir alimento de qualidade, de variedade, e com o olhar para o meio ambiente”, citando o cuidado com matas ciliares, bacias e microbacias hidrográficas.

Por Bonde News

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil 

Relacionadas

Veja também

A produção brasileira de sêmen bovino (raças de corte e de leite) em 2023 foi de 19,431 milhões de doses, recuo de 22% ante os 24,757 milhões de doses do ano de 2022.
Uma recente diretiva da Organização Mundial da Saúde (OMS), publicado em dezembro de 2023, além das fórmulas infantis, permite o consumo de leite de vacas pasteurizado por bebês a partir dos seis meses de idade
O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) é parceiro da 8ª edição do Farm Show, que acontece entre os dias 12 a 15 de março, das 8h às 20h, no Parque de exposições de Primavera do Leste.
Reunião dos Presidentes das Câmaras Setoriais do SAA destaca progressos e pioneirismos, com ênfase na atuação da Associação Grupo Pecuária Brasil e anúncio de novidades pelo Secretário de Agricultura do Estado.