Search
Close this search box.

Programa sobre “agricultura regenerativa” no Brasil

20 de abril de 2023

A agricultura regenerativa envolve proteger e restaurar as condições do solo, ajudando a reduzir as emissões de gases de efeito estufa
Compartilhe no WhatsApp
Programa sobre agricultura regenerativa no Brasil

A unidade brasileira da trading e processadora de commodities agrícolas Bunge informou nesta quarta-feira (19) que está envolvendo fornecedores locais de grãos em seu “programa de agricultura regenerativa” com o objetivo de acelerar a transição para a agricultura de baixo carbono.

A unidade brasileira da trading e processadora de commodities agrícolas Bunge informou nesta quarta-feira (19) que está envolvendo fornecedores locais de grãos em seu “programa de agricultura regenerativa” com o objetivo de acelerar a transição para a agricultura de baixo carbono.

A agricultura regenerativa geralmente envolve proteger e restaurar as condições do solo, o que, por sua vez, ajuda a capturar mais carbono da atmosfera para reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

Bunge oferecerá suporte técnico sobre agricultura regenerativa para fornecedores locais

Em nota, a unidade brasileira da Bunge informou que oferecerá suporte técnico e serviços a agricultores de diversos Estados com o objetivo de promover práticas para minimizar o crescimento das emissões de gases de efeito estufa.

Ao fazer isso, a empresa poderá fortalecer suas relações com os agricultores do país sul-americano, ajudando a garantir o fornecimento de grãos cruciais de um dos maiores produtores de alimentos do mundo.

O programa faz parte das iniciativas mais amplas da Bunge para promover a agricultura sustentável.

A empresa se comprometeu a eliminar o desmatamento e a conversão de vegetação nativa em terras agricultáveis de suas cadeias de valor em 2025.

A Bunge disse que a abordagem da agricultura regenerativa é projetada para melhorar a retenção e infiltração de água no solo, ao mesmo tempo em que faz uso mais eficiente dos recursos energéticos e reduz o uso de insumos agrícolas.

“Sabemos que muitas práticas regenerativas já são aplicadas nas propriedades”, disse Pamela Moreira, head de sustentabilidade da Bunge na América do Sul.

“Nosso objetivo é fornecer dados confiáveis e estruturados para que o produtor possa avaliar a necessidade de implementar medidas adicionais, corretivas ou de reforço.”

O programa da Bunge já abrange cerca de 250.000 hectares de terra nos Estados da Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Paraná, Piauí e Tocantins, disse o comunicado.

Por Reuters

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Dados mostram que serão produzidos 193,15 mil litros, abaixo do recorde de 580,22 mil litros do período anterior
Safra total de milho foi estimada em 114,14 milhões de toneladas, um acréscimo de 2,5 milhões de toneladas em relação ao previsto no mês passado; área plantada deve crescer 1% e produtividade deve avançar 1,2%
Essa parceria confirma a missão do AgroApp que é levar informações de qualidade para o produtor rural e profissional do campo.
Na comparação com a média diária de junho de 2023, há queda de 16,6% no valor obtido diariamente pelas exportações de açúcar em junho de 2024.