Search
Close this search box.

Professor da Uema cria sistema para melhorar a dieta de caprinos e ovinos no Maranhão

27 de julho de 2023

Compartilhe no WhatsApp
Professor da Uema cria sistema para melhorar a dieta de caprinos e ovinos no Maranhão

Com objetivo de promover a saúde de caprinos e ovinos, o professor maranhense Ricardo Telles, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), desenvolveu um projeto que ajuda os criadores a controlarem a alimentação de seus rebanhos, evoluindo o desempenho dessas criações a partir de dietas feitas de forma específica para cada espécie.

O projeto “Formulador de Dietas para a Produção de Caprinos e Ovinos” foi certificado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), por meio do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi).

image 1 9
Professor da Uema cria sistema para melhorar a dieta de caprinos e ovinos no Maranhão

– O professor Ricardo Telles (Foto: Alcindo Barros)



“Trata-se de uma inovação tecnológica que representa um esforço do trabalho docente da produção acadêmica, que será útil à sociedade no sentido de oferecer ao criador melhor desempenho na manutenção dos rebanhos, a partir das dietas formuladas com maior acurácia”, explica o professor.

Segundo ele, a ferramenta atende 41 categorias de caprinos e 25 de ovinos. Por meio dessa tabela digital, o formulário pede que o criador insira informações sobre os rebanhos de acordo com a espécie e, a partir disso, o programa disponibiliza a medida correta para alimentos volumosos e concentrados. As medidas do formulador seguem os parâmetros de exigências nutricionais próprios e manejos alimentares.

O professor explica que esse sistema poderá ser usado tanto em aulas da própria universidade, como em pesquisas, projetos de extensão universitária e até no próprio mercado, por criadores e outros profissionais interessados.

O professor José Ricardo Soares Telles de Souza é graduado em Medicina Veterinária pela Uema, mestre em Nutrição Animal pela Universidade de São Paulo (USP) e doutor em Ciência Animal pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Atualmente é professor adjunto 4 da Uema, onde leciona as disciplinas Nutrição Animal, Nutrição de Ruminantes e Caprino-Ovinocultura para os cursos de Medicina Veterinária, Zootecnia e Agronomia. Trabalha em pesquisa e extensão nas linhas de avaliação de alimentos e dietas para animais domésticos. É também chefe do Laboratório de Formulação e Fabricação de Ração Animal (LAFFRA) da Uema.

Por Governo do Maranhão

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil 

Relacionadas

Veja também

Cooperação técnica entre o Governo do Maranhão e a Conafer vai garantir o melhoramento genético e aumento da produção dos rebanhos do estado
Mapa planeja apresentar um estudo à Organização Mundial de Saúde Animal para reconhecimento internacional dos estados envolvidos como zona livre de febre aftosa sem vacinação
Além das ensacadoras, o governo também entregou um silo à Prefeitura de Nova Venécia.
A produção brasileira de sêmen bovino (raças de corte e de leite) em 2023 foi de 19,431 milhões de doses, recuo de 22% ante os 24,757 milhões de doses do ano de 2022.