Search
Close this search box.

Pesquisador do IZ apresenta pesquisas voltadas à uma ovinocultura mais sustentável

19 de abril de 2023

O pesquisador abordou os resultados de suas pesquisas relacionadas à seleção de ovinos por eficiência alimentar, explicitando como estes conhecimentos podem aumentar a competitividade e a sustentabilidade da ovinocultura.
Compartilhe no WhatsApp
Pesquisador do IZ apresenta pesquisas voltadas à uma ovinocultura mais sustentável
Foto Divulgação

O pesquisador do Instituto de Zootecnia (IZ-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Ricardo Lopes Dias da Costa participou, de 29 a 31 de Março, do 3o. Congreso Internacional de Agrosistemas Tropicales (Ciatropic), ocorrido no México, realizando também visita técnica à Universidad Juaréz Autónoma de Tabasco.

Em palestra intitulada “Eficiência alimentícia y sus impactos em la productividad de los sistemas pecuarios”, Costa abordou os resultados de suas pesquisas relacionadas à seleção de ovinos por eficiência alimentar, explicitando como estes conhecimentos podem aumentar a competitividade e a sustentabilidade da ovinocultura.

Conforme explicou o pesquisador, as provas de eficiência alimentar em ovinos do IZ selecionam animais com maior eficiência alimentar e hídrica, que consomem até 37% menos alimento para o mesmo ganho de peso, garantindo não apenas aumento na rentabilidade da ovinocultura, mas reduzindo, de forma significativa, os impactos ambientais.

“Animais mais eficientes para a característica consumo alimentar residual, além de consumir menor quantidade de alimento, o que impacta na produção e transporte desse alimento, também são, em geral, mais eficientes para o consumo hídrico”, contou Costa. Da mesma forma, continua, animais mais eficientes produzem menor quantidade de dejetos e menor produção de gases de efeito estufa, sem diminuir sua qualidade de carne – característica importante a se selecionar, uma vez que apresenta boa herdabilidade. Segundo relatou o especialista em sua apresentação, os resultados são promissores para a ovinocultura e essa característica deveria ser utilizada como critério de seleção, de interesse econômico, por produtores de pequenos ruminantes.

O Congresso contou com, aproximadamente, 500 participantes de 21 estados do México e de outros nove países (Alemanha, Colombia, Brasil, EUA, Belize, Reino Unido, Dinamarca, Cuba, Guatemala), de 96 instituições de ensino e pesquisa.

Teste de Eficiência Alimentar em Ovinos

Disponibilizado pelo CPD Zootecnia Diversificada do IZ, em Nova Odessa (http://www.iz.sp.gov.br/unidade.php?id=2), o Teste de Eficiência Alimentar em Ovinos é realizado com a utilização de cochos eletrônicos de medição de consumo em baias coletivas. De acordo com Costa, a Associação Brasileira de Criadores das raças Dorper e White Dorper (ABC Dorper), bem como produtores particulares já estão realizando as provas e selecionando os animais mais eficientes.

Por Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Cooperação técnica entre o Governo do Maranhão e a Conafer vai garantir o melhoramento genético e aumento da produção dos rebanhos do estado
Mapa planeja apresentar um estudo à Organização Mundial de Saúde Animal para reconhecimento internacional dos estados envolvidos como zona livre de febre aftosa sem vacinação
Além das ensacadoras, o governo também entregou um silo à Prefeitura de Nova Venécia.
A produção brasileira de sêmen bovino (raças de corte e de leite) em 2023 foi de 19,431 milhões de doses, recuo de 22% ante os 24,757 milhões de doses do ano de 2022.