Search
Close this search box.

Pecuária ganha selo Vaca Feliz após certificação para galinha feliz

11 de novembro de 2023

Certificação para Vacas Felizes atende a demanda da indústria por práticas sustentáveis de produção
Compartilhe no WhatsApp
Após certificação para galinhas felizes, pecuária ganha selo Vaca Feliz

Na década de 1990, a avicultura brasileira investiu em diferentes técnicas de manejo de galinhas produtivas e criou, com base no bem-estar animal, a certificação para galinhas felizes. Agora, é a vez das vacas. Uma empresa do setor lançou, nesta semana, o selo de bem estar-animal ‘Vaca Feliz”. O título foi anunciado durante o Dairy Vision 2023, evento do setor industrial para a cadeia leiteira, que aconteceu em Campinas (SP).

De acordo com Thiago Martins, CEO da CowMed, empresa criadora do selo, ele simboliza um avanço nas práticas de bem-estar dos animais e ainda conta com a utilização de monitoramento em tempo real e inteligência artificial (IA). Além disso, responde a uma tendência de mercado que valoriza atividades produtivas éticas. 

Martins enfatizou a importância do bem-estar animal na qualidade do leite. A adoção do monitoramento em tempo real com o uso de inteligência artificial pelas fazendas leiteiras sinaliza uma produção responsável e uma gestão preocupada com a saúde e a felicidade das vacas, aspectos que têm um impacto direto na qualidade do produto final.

Pecuária ganha selo Vaca Feliz

A iniciativa ocorre em um contexto em que a produção de leite no Brasil segue em crescimento, com mais de 34,6 bilhões de litros produzidos em 2022, conforme dados oficiais do Ministério da Agricultura. A certificação aponta ao mercado uma necessidade das indústrias apresentarem um diferencial estratégico para se destacarem em um mercado competitivo e consciente da necessidade de alimentos produzidos com bem-estar animal.

Inovação Tecnológica na Pecuária

O lançamento do Selo de Vacas Felizes é consequência do sucesso da tecnologia VIC (Intérprete Virtual de Vacas, na sigla em inglês), desenvolvida pela mesma empresa em 2021, e que inovou ao oferecer insights e fornecer sugestões para resolver problemas detectados durante o monitoramento em tempo real do rebanho. Essa tecnologia permite a detecção precoce de doenças e a otimização do bem-estar animal, resultando em aumento da produtividade e melhoria na qualidade do leite.

“A CowMed está posicionada para liderar a transformação digital na pecuária leiteira no Brasil. O selo que lançamos durante a Dairy Vision não apenas prova o sucesso da aplicação prática dessa tecnologia, mas também a consolidação de um modelo de negócio que integra inovação e responsabilidade social”, afirma Martins.

Responsabilidade Socioambiental

O Selo de Bem-Estar Animal reflete um crescente movimento global em direção à responsabilidade socioambiental na cadeia produtiva de alimentos. Ele está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, promovendo práticas que respeitam o meio ambiente e o bem-estar dos animais.

Com a introdução do selo, a empresa quer se firmar como empresa do agronegócio que não apenas respeita as diretrizes ambientais e sociais, mas também as utiliza como alicerce para a inovação. Isso se traduz em uma maior transparência para os consumidores e um valor agregado para indústria e produtores.

A preocupação com a redução do uso de antibióticos e a diminuição da emissão de gases de efeito estufa são pontos destacados pela empresa como benefícios diretos das práticas de bem-estar animal, reafirmando o compromisso da empresa com uma pecuária leiteira sustentável e responsável.

De: Agro Band

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Gigante de máquinas justifica aporte dizendo ter interesse em tecnologias que ajudem seus clientes a ter margens maiores
Somado à complexa conjuntura global, o recuo das importações chinesas de leite tem mantido os preços internacionais estáveis, mas abaixo da média histórica.
Ambiente de negócios aponta para encurtamento das escalas de abate, o que pode levar ao maior apetite de compra
Um estudo recente realizado pela consultoria Agrifatto analisou a evolução da produtividade na pecuária brasileira ao longo dos últimos anos.