Search
Close this search box.

Páscoa: venda de chocolate de alta qualidade sobe 17,6% no Brasil em 2024

31 de março de 2024

Esse aumento se deve à queda da inflação, com a massa real de rendimentos ampliando em 4,6% no último ano.
Compartilhe no WhatsApp
Páscoa: venda de chocolate de alta qualidade sobe 17,6% no Brasil em 2024

A Páscoa de 2024 terá chocolates mais sofisticados. Os especialistas esperam um crescimento de 17,6% nas vendas desse segmento em comparação com o ano anterior, segundo uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejos (Ibevar – FIA Business School).

Esse aumento se deve à queda da inflação, com a massa real de rendimentos ampliando em 4,6% no último ano. Outras justificativas são mudanças nos gostos dos consumidores, desejos de exclusividade, declínio na popularidade dos ovos caseiros e a busca por alternativas mais saudáveis. Isso gera oportunidades para empresas que oferecem produtos mais refinados ou que atendam a preferências dietéticas específicas.

Para Claudio Felisoni de Angelo, presidente do Ibevar e professor da FIA Business School, apenas as vendas de chocolate premium aumentaram de 2023 para 2024. As vendas de produtos mais simples e baratos caíram 3% e 4% em volume.

De acordo com o estudo do Ibevar, a demanda por chocolates das marcas como Kopenhagen e Ferrero Rocher deve cair quase 20% na comparação com 2023. No caso de marcas mais econômicas, como Garoto, Chocolates Brasil Cacau, Lacta e Cacau Show, a projeção é de queda de 4,5% nas vendas.

Segundo Felisoni, esses resultados mostram a importância do controle da inflação para o consumo. “A inflação voltou a preocupar. O IPCA de fevereiro foi de 0,83%, o que equivale a 10,4% anualizado”. Como consequência, empresas mais novas ou menos conhecidas podem enfrentar desafios para ganhar participação de mercado.

Por Forbes

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Professor europeu visitou Unidade da Epamig em Viçosa para conhecer o trabalho de perto e disse que gostaria de levar nossa tecnologia para seu país
Estado de São Paulo produziu 192 mil toneladas de abacate no ano passado
Atração da feira, o Programa de Compradores Internacionais deve promover mais de mil encontros entre produtores nacionais e investidores estrangeiros. Brasil bateu recorde de exportações em 2023
A produtividade das lavouras do grão é estimada em 1.930 quilos por hectare pela Emater-RS/Ascar