Search
Close this search box.

Paraguai abre mercado para material genético de caprinos e ovinos do Brasil

8 de maio de 2024

A abertura foi concluída neste mês com a aprovação do Certificado Sanitário Internacional, abrangendo sêmen e embriões caprinos e ovinos.
Compartilhe no WhatsApp
Paraguai abre mercado para material genético de caprinos e ovinos do Brasil

O Brasil poderá exportar material genético animal para o Paraguai, informaram o Ministério da Agricultura e o Ministério das Relações Exteriores (MRE) em nota conjunta. A abertura foi concluída neste mês com a aprovação do Certificado Sanitário Internacional, abrangendo sêmen e embriões caprinos e ovinos. Segundo as pastas, as negociações foram iniciadas em março e concluídas com a publicação dos requisitos zoosanitários pela autoridade sanitária do Paraguai.

Os ministérios informaram que as condições de manipulação, carregamento e transporte para exportação dos produtos obedecem aos padrões higiênico-sanitários recomendados internacionalmente. De acordo com dados do comércio exterior, as exportações brasileiras de material genético animal – excluído de origem bovina – totalizaram US$ 825,2 mil de janeiro a outubro deste ano.

Os principais destinos das exportações brasileiras foram Costa Rica, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai.

Com a abertura do mercado paraguaio, o Brasil acumula 65 novos mercados para produtos agropecuários neste ano.

De Isto é Dinheiro

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

O aumento do uso de coprodutos representa uma solução sustentável para a destinação de resíduos
São Paulo enfrenta desafios ainda maiores devido aos altos custos para o setor produtivo do leite e por ser o maior mercado consumidor do país.
Volume alcançou em 178,8 mil toneladas até a quarta semana, sendo que no ano anterior foram exportadas 168,4 mil toneladas